Cultura & Entretenimento

Alceu, ao meu e a todos. Tá ligado?

Uma das figuras mais marcantes da música popular brasileira, na ativa e com 40 anos de estrada, embarca na viagem mágica iniciando os festejos juninos do jeito que mais gosta: cantando, emocionando e empolgando o público. 

Com uma homenagem ao centenário do mestre Luiz Gonzaga, o pernambucano faz as malas e parte pra sua “Turnê Nordestina”. 

Valença vai muito mais além com a sua nítida mistura de ritmos. Segue viajando em universos diferentes e é um grande explorador de possibilidades sem definições, mas, com excelentes resultados.  


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!? Clique neste link para encontrar os melhores preços.  ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.


Alceu de “Vou Danado Pra Catende”, “Edipiana Nº1”, “Sol e Chuva” e tantos outros clássicos como “Coração Bobo” e “Anunciação”,  ator em “A Noite do Espantalho”, filme de Sérgio Ricardo, marca a trajetória de um artista brasileiro que ultrapassa as barreiras do regionalismo, sem perder suas origens. 

Suas canções já foram regravadas por diversos artistas e serviu até de inspiração para uma homenagem feita por Oswaldo Montenegro na canção “Nem Todo Alceu é Valença”. 

Lembro da minha infância em Recife ouvindo o “Bicho Maluco Beleza” ecoar no carnaval e até hoje quando ouço fico emocionado. Lembro também das festas juninas ouvindo “Cabelo No Pente”, embalando o São João. Em Triunfo – PE, minha terra natal, tive o prazer de tocar no mesmo festival do qual participou este grande mestre,  que está de parabéns pelas  pessoas que fazem parte da sua produção e pela maravilhosa banda, composta por músicos do mais alto gabarito,  que o acompanha há muitos anos. 

A música de Alceu Valença ganha a força da modernidade e invade o Youtube como  um furacão. É sucesso. Nos seus vídeos podemos encontrar algumas gravações raríssimas como parte do show “Vou Danado Pra Catende” e o filme “A Noite Do Espantalho”. 

Outra coisa boa é saber que o poeta também manda suas mensagens pelo Facebook, estreitando esse elo de ligação com os fãs e os deixando por dentro de tudo que está rolando, como shows, ensaios, opiniões etc. 

Eu poderia estar aqui escrevendo sobre a vida de Alceu Valença, contando quantos discos gravou, quantos prêmios ganhou mas, o que quero realmente é prestar uma homenagem ao cara por quem tenho um respeito enorme e que, como muitos sabem, é uma das minhas principais influências.

O que rola na mídia atualmente me faz pensar em várias coisas e acredito que as rádios e TVs atuais precisam de mais Alceu. Os antigos gostam, os jovens gostam e as crianças gostam, e ai, o que há de errado?

Alceu continua forte, seja no show em homenagem a Gonzagão ou na releitura do show “Vivo”. Alceu Valença é a força do povo traduzida em palavras. Viva Alceu !!! Um forte abraço,  “etc e tal”. 

RESOLVA TUDO PARA A SUA VIAGEM AQUI


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *