Dicas & Destinos

Programando sua viagem para Roma

Na capital italiana, fundada há mais de 2.750 anos, passado e presente andam juntinhos, lado a lado.

Fontana di Trevi - Roma

Conhecida como a “cidade eterna”, Roma conserva ruínas de importantes construções e monumentos da época do antigo Império. Lá está, por exemplo, um dos lugares mais famosos por suas lutas entre gladiadores, senão o mais famoso, o Coliseu. Sem dúvida alguma, o cartão-postal mais conhecido da cidade.

Culturalmente, Roma preserva em suas igrejas e museus – principalmente na região do Estado do Vaticano – obras dos grandes mestres da arte Renascentista, como a Pietà, de Michelangelo que fica na Basílica de São Pedro além é claro dos famosos afrescos pintados por ele e por outros espetaculares artistas como Perugino e Botticelli, no interior da Capela Sistina.

A cidade eterna atrai visitantes há muitos séculos, desde peregrinos medievais em busca dos santuários de Pedro e Paulo até poetas românticos do século 19 como Byron, Sheley e o trágico Keats, que morreu aos 25 anos de idade. Não podemos esquecer também dos interessados na Dolce Vita mostrada no clássico filme de Fellini rodado nos anos 60 e os apaixonados por história e arte.  Há quem prefira conhecer a Roma de suas batalhas gloriosas ou covardes. Outros preferem fazer o básico: Fórum, Coliseu e Monte Palatino. Tem aquele turista que fundamental mesmo é apreciar o teto da Capela Sistina do Vaticano. Não podemos esquecer também da galera da gastronomia que vai se deliciar com as Pastas, Gelatos e claro, as Pizzas finas e crocantes feitas no forno à lenha. Compras?? Sim, Roma também tem. A grande verdade é que Roma é para todos, fato.

Independente da razão de sua viagem, é impossível andar muito tempo em Roma sem se deparar com algo extraordinário, seja a Area Sacra, onde os vestígios de antigos templos e o suposto local do assassinato de César, hoje habitado por gatos de rua, ficam bem no meio de uma praça ruidosa; seja as extravagantes e avantajadas esculturas de Bernini nas fontes da Piazza Navona e seu pequeno elefante Kitsch do lado de fora da encantadora igreja gótica de Santa Maria sopra Minerva.

Não a toa que Roma é chamada de museu vivo ou museu a céu aberto. Grande verdade, mas Roma é uma cidade muito pulsante. Para se ter um bom panorama do cotidiano de Roma, experimente andar pelo velho bairro judeu e pelo Campo de’Fiori ou percorrer as coloridas vielas do bairro boêmio de Trastevere. Tomar café em uma mesa ao ar livre em uma praça movimentada, enquanto se observa as crianças correndo atrás dos pombos e o brilho quente de edifícios cor de ocre sob a luz do sol, ou deslumbrar-se com a abundância de plantas floridas expostas em minúsculas sacadas são momentos que podem perdurar mais em sua memória do que a visita a um museu. Pode acreditar em mim.

Circular por Roma é uma aventura, no bom sentido, claro. Nem pense em alugar carro para ficar dentro da cidade, é loucura. A cidade tem metrô, ônibus e bonde, mas o melhor mesmo é andar a pé.

Junho é uma época muito marcante em Roma já que é o início da Estate Romana, o verão romano. São três meses de eventos musicais e teatrais ao ar livre por toda a cidade, incluindo o Fórum Imperial, os jardins da Villa Borghese e dezenas de parques e piazzas.

Você deve estar se perguntando quanto tempo é necessário para conhecer um pouco de Roma e segundo a minha experiência sugere, cinco dias completos são suficientes para conhecer as atrações principais. Agora, se você pretende conhecer Roma um pouco mais a fundo, reserve no mínimo uns dez dias. Aqui abaixo estou colocando algumas sugestões imperdíveis para você montar seu roteiro, ok.

  • Comece visitando o Fórum Romano, o Monte Palatino e o Coliseu para uma verdadeira imersão nos tempos antigos.
  • Ande pelas ruas atraentes do bairro de Trastevere. Na Piazza Santa Maria ladeada por lindos cafés, visite a igreja com mosaicos esplêndidos, depois coma uma saborosa pizza no famoso Dar Poeta. Suba o Janiculo, onde as fabulosas vistas tiram o fôlego de qualquer visitante e veja a estátua de Garibaldi.
  • Não deixe de assistir uma ópera ao ar livre em algum dos vários lugares espetaculares espalhados por Roma.
  • Se você pretende visitar o Vaticano, reserve um dia inteiro para conhecer seus famosos museus. Não perca as salas de Rafael e o teto de Michelangelo na Capela Sistina, que obviamente está sempre lotada. No caminho, para o Vaticano você passará pelo Castel Sant’Angelo, de onde a Tosca de Puccini saltou para a morte.
  • Os jardins de Villa Borghese têm três ótimos museus que merecem uma visita. São eles:

–  Galleria Borghese – com obras de Botticelli, Caravaggio e Ticiano.

– Museo Etrusco – repleto de arte Etrusca.

– Galleria Nazionale d’Arte Moderna – com obras de Cezanne, De Chirico, Klimt.

  • Não deixe de começar um dia no agitado mercado matinal de Campo de’ Fiori e depois andar pelas ruelas do antigo bairro judeu. Vá ao vasto Panteão, onde os grandes e bons são enterrados e depois se acomode na Piazza Navona para tomar um gelato e admirar as fontes de Bernini.
  • Vale a pena andar na Via Appia Antica, que parte da imensa Porta San Sebastiano nos velhos muros e se estende até o sul da cidade. A famosa rota, pela qual os soldados do Império Romano rumavam para o sul da Itália, é ladeada por catacumbas, pois era proibido haver túmulos dentro dos muros da cidade. As paredes e tetos são cobertos de belos afrescos. O melhor dia para fazer este passeio é aos domingos, quando a Via Ápia fica fechada para carros.

Dicas gastronômicas

IL PAGLIACCIO

Com pequena capacidade de 28 lugares, o restaurante que fica a poucos minutos de caminhada da Piazza Campo de’ Fiori tem ambiente elegante e muito intimista. Se você pretende almoçar ou jantar, trate de fazer uma reserva antecipada.

IL GONFALONE

Abrigado em um palácio renascentista, este restaurante fica ainda mais agradável e charmoso durante o verão, quando algumas mesas são colocadas na calçada para jantares ao ar livre. A cozinha possui sempre ingredientes frescos da estação. Destaque para as massas e pizzas tradicionais.

LA CABANA

Este restaurante mediterrâneo fica a alguns passos da Piazza Venezia. O ambiente simples pode não chamar tanta atenção à primeira vista, mas o cardápio variado oferece bons pratos entre massas, carnes e frutos do mar.

Dicas de hospedagem

Campo de’Fiori – perto da Piazza Navona.

Santa Maria – também em região central.

Casa Howard – possui dois endereços no centro.

The inn at the Romam Forum – entre as principais atrações da cidade.

Hassler Roma – um dos melhores hotéis da cidade que pertence à luxuosa cadeia Leading Hotels of the World.

Dicas variadas

– Suba o Palatino. Além de ser um lugar interessante, você conta com um ingresso casado que o poupa das filas para o Coliseu.

– É ESTRITAMENTE PROIBIDO fotografar a Capela Sistina.

– Se informe sobre os vários passes de museus que acabam sendo uma boa economia para quem pretende visitar vários.

– Nem pense em almoçar depois das 15h, exceto em lugares para turistas que funcionam o dia todo.

Claro que Roma tem muito mais do que foi dito por aqui. Existem pedaços de Roma que só você saberá apreciar e descobrir. Primordial estando por lá é se permitir usar sua imaginação. Entre na atmosfera onde selvagens e Lords batalhavam por uma dama, onde ladrões eram jogados aos leões, onde foi fiado a ouro o berço de toda uma civilização. Roma é muito mais que seus olhos podem ver.

 

RESOLVA TUDO PARA A SUA VIAGEM AQUI


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!? Clique neste link para encontrar os melhores preços.  ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.

 

Apoie o Portal Embarque na Viagem

O seu apoio mantém o nosso Portal vivo. A imprensa tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de cada um aqui no Embarque na Viagem e a nossa missão. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.

Você pode doar qualquer valor. Basta clicar na bandeira do seu cartão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *