Hospedagem

Em entrevista exclusiva, Ministro Gastão Vieira fala do futuro do turismo no Brasil.

 

Com objetivos claros, e fortalecidos por uma equipe técnica altamente competente e unida, o turismo brasileiro retorna aos trilhos sob o comando do Ministro Gastão Vieira.

Em entrevista exclusiva ao Portal de Turismo Embarque na Viagem, o Ministro do turismo Gastão Vieira, fala do planejamento estratégico do setor, de qualificação profissional, sobre a preparação do Brasil para a JMJ – Jornada Mundial da Juventude 2013, Copa do Mundo de 2014, Jogos Olímpicos e melhoria na prestação de serviços, além da mudança de foco da pasta, voltada diretamente para o principal interessado – o turista.

 

Ministro Gastão Vieira, qual a avaliação do desempenho do turismo no Brasil no primeiro semestre de 2012, e qual a expectativa de arrecadação de verbas com os turistas e desempenho de desembarques para o segundo semestre?

Tivemos um primeiro semestre com avanços nos principais indicadores do turismo nacional. De janeiro a maio, os desembarques domésticos foram de 34 milhões, marca 6,62% maior que a registrada no mesmo período de 2011. Já os desembarques internacionais foram de 3,89 milhões, índice 4,95% maior que o registrado nos cinco primeiros meses de 2011. O momento é de ascensão e temos a expectativa de que este desempenho se reflita na participação do setor na economia nacional.

Quais obras de infraestrutura são indispensáveis para o desenvolvimento e consolidação do turismo em regiões que tem potencial turístico, mas não tem estrutura?

Uma das prioridades do Ministério é impulsionar a competitividade turística não só nas capitais, mas também em localidades com grande potencial para atrair visitantes. Investimentos em estradas, rodovias, pontes, na revitalização de parques, centros de eventos, monumentos, todos são de fundamental importância para que este objetivo seja atingido.


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!? Clique neste link para encontrar os melhores preços.  ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.


Quais as ações o Ministério do Turismo planeja efetuar na China, mercado tão importante? E como o MTur deve trabalhar para estimular ainda mais o ingresso de turistas chineses no Brasil?

A China ainda é um mercado em crescimento. Influenciados pela longa distância, um número ainda pequeno de turistas chineses visitam o Brasil. Porém, devido ao enorme potencial daquele país, o Brasil participa de um grupo do Mercosul que criou um escritório de promoção turística na Ásia. Desde então, houve um aumento no número de asiáticos que visitaram o Brasil, a Argentina, o Paraguai e o Uruguai. Dessa forma, a cooperação com nossos vizinhos, seja na promoção conjunta em feiras e eventos, na elaboração de material promocional ou até mesmo na promoção de roteiros integrados, será uma ação importante para impulsionarmos nossa presença no mercado asiático.

Copa das Confederações, Copa do Mundo, Jornada Mundial da Juventude e Olimpíadas, na visão do Ministro, qual a principal dificuldade que o país terá para receber bem o turista durante os próximos eventos?

Estamos nos preparando adequadamente receber turistas de todas as partes do mundo. Os indicadores demonstram essa evolução – obtivemos recordes em desembarques domésticos e internacionais no último ano. A partir do trabalho conjunto entre o governo federal, secretarias de turismo estaduais e municipais e o trade turístico, investimentos estão sendo realizados em toda a cadeia produtiva do setor para que os visitantes encontrem um país organizado, bem estruturado turisticamente e com a hospitalidade que é marca registrada do nosso povo.

Jovens de todas as partes do mundo estão ansiosos com a realização da JMJ – Jornada Mundial da Juventude 2013, que será realizada no Rio de Janeiro. Na última jornada, que aconteceu em Madri, na Espanha, o evento reuniu cerca de 2 milhões de jovens. O Rio de Janeiro está preparado para acolher todos os participantes?

Sem dúvidas. O Rio de Janeiro tem feito um excelente trabalho de organização para a Copa 2014 e os avanços serão refletidos em outros eventos de impacto mundial, como a Jornada Mundial da Juventude. O setor hoteleiro está atento ao mercado e tem investido na construção e reforma de empreendimentos. Os hoteleiros têm à disposição o Procopa Turismo, linha de financiamento articulada pelo Ministério do Turismo junto ao BNDES, com taxas de juros e prazos diferenciados. A Jornada Mundial da Juventude será um evento marcante não só para a cidade, mas para todo o país.

A Jornada Mundial da Juventude também acaba sendo um evento de divulgação do Brasil para todo o mundo. Como o Ministério avalia esse fato?

Diferentemente da Copa do Mundo e das Olimpíadas, nos quais o público é praticamente espectador, a Jornada Mundial da Juventude é um evento participativo. Trata-se de uma excelente oportunidade para a exposição de nossos principais atrativos. Nas jornadas, a permanência do grupo de jovens é superior a 10 dias. A parcela mais considerável deles dedica a parte inicial de sua viagem para conhecer diversas regiões do país em que se realiza o evento. Além disso, frequentemente os jovens vêm acompanhados de familiares. Temos, portanto, um cenário positivo a ser aproveitado pelo turismo nacional.

Quais os investimentos pensados para melhorar o turismo religioso em todo País e qual o retorno esperado em longo prazo?

Em 2007, a pesquisa “Dimensionamento e Caracterização do Turismo Doméstico” mapeou os motivos de viagem dos turistas brasileiros pelo país. Cerca de 3,6% apontavam a religião como motivação. Atualmente, mais de 370 municípios brasileiros desenvolvem atividades turísticas relacionadas ao segmento religioso. Destes, mais da metade possuem calendário de eventos ligados à fé. O Círio de Nazaré, em Belém (PA), reúne 1,5 milhão de pessoas todos os anos. É considerada uma das maiores festas religiosas do mundo. A capital das romarias, Aparecida do Norte, em São Paulo, também atrai grande número de visitantes. É um segmento que tem crescido bastante no país e que tem se beneficiado dos investimentos do Ministério e da iniciativa privada. 

Depois do abandono educacional, quando várias instituições fecharam seus cursos de turismo e hotelaria, como o Senhor vê o interesse do jovem na busca por especialização nessas áreas e o que é possível fazer principalmente neste momento que necessitamos de tantos profissionais qualificados?

Estamos lançando um programa voltado para a qualificação de profissionais do setor de turismo, o Pronatec Copa. Serão 240 mil vagas até 2014, em 29 cursos técnicos, como garçom, camareira, cozinheiros. Além disso, há o Pronatec Idiomas, que oferecerá 32 mil vagas em inglês, espanhol e libras. Todo o programa é gratuito. A qualificação é um dos principais legados dos grandes eventos que o Brasil sediará nos próximos anos, não só para o crescimento do setor turístico, mas também para o crescimento da economia nacional.

Em relação à Copa do Mundo 2014, o Senhor acredita que todos os estádios estarão prontos antes da competição?

O governo federal está efetivamente concentrado para organizar a melhor Copa do Mundo de todos os tempos. Essa é a prioridade e todos os ministérios estão trabalhando em conjunto para atingir este objetivo. Estádios, hotéis, infraestrutura, acessibilidade, sinalização: o Brasil estará preparado para que todos os visitantes tenham o melhor atendimento possível e voltem para casa com a certeza de que repetirão a viagem.

A lista final de roteiros turísticos voltados para o público externo na Copa do Mundo da FIFA 2014 pode sofrer inclusões e alterações?

Não estamos trabalhando apenas pelo avanço turístico das 12 cidades-sede da Copa. Todas as capitais e municípios indutores do turismo estão melhorando seus produtos e serviços e também estarão prontas para receber visitantes nacionais e estrangeiros. Roteiros integrados são uma das ações que estão sendo desenvolvidas: os turistas terão facilidades para se deslocar para vários municípios próximos, aproveitar os atrativos, permanecer por mais tempo em sua viagem e movimentar as economias locais. 

Ministro Gastão Vieira, nós do Portal de Turismo Embarque na Viagem agradecemos por essa entrevista rica em detalhes, desejamos ainda mais sucesso em sua gestão, e para terminar, gostaríamos de saber o que o turista em geral que viajar pelo Brasil pode esperar para os próximos anos?

O turismo brasileiro está empenhado para crescer, e crescer com organização e qualidade. Toda a gestão está focada na melhoria dos produtos, serviços e no comprometimento com a sustentabilidade ambiental. Viajar já não é mais artigo de luxo, faz parte da prateleira de consumo do brasileiro. Temos o mesmo objetivo: impulsionar a competitividade de todos os nossos destinos e levar o turismo a uma participação cada vez maior dentro da economia brasileira. 

 2012 Embarque na Viagem

RESOLVA TUDO PARA A SUA VIAGEM AQUI 


  Seguros Promo

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se agora no nosso canal e confira muitas dicas!!! Acesse youtube.com/user/embarquenaviagem?sub_confirmation=1, inscreva-se, e tenha muito mais conteúdo útil para sua próxima viagem!

1 Comentário

  1. 1 de julho de 2012 ás 11:59 Responder

    Parabéns pela entrevista!
    Espero que assim como ele, tudo esteja pronto em relação à Copa do Mundo 2014!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *