Dicas & Destinos

Os lindos Mirantes de Niterói – Você precisa conhecer

Apaixonada confessa pela cidade de Niterói – me mudei para cá em 2000 e desde então, venho me apaixonando pela Cidade Sorriso a cada dia – eu não poderia deixar de falar um pouco dos  mirantes, trilhas e paisagens que as pessoas que passam por aqui não fazem ideia que existam. Sim, nós temos paisagens de deixar qualquer papa-goiaba com o orgulho lá no alto e você deveria conhecer um pouquinho alguns deles.

Fim de tarde no Parque da Cidade

Niterói é cercada por imponentes montanhas e contornos únicos, daqueles que deixam os visitantes espantados com tanta beleza. Tem verde, tem mar, tem pôr do sol, tem natureza, muita natureza. Aliás, muita gente não faz ideia do potencial que esta cidade que adotei possui no setor turístico, especialmente histórico e natural – sim, sou babona, apaixonada assumida e ando inconformada pelo pouco investimento que minha cidade recebe, mas isso é papo para outra conversa nossa, ok.

Vamos aos lugares onde você poderá vivenciar momentos únicos, descobrir novos ângulos e certamente se emocionar com paisagens de encher os olhos e o coração.

Mirante de Camboinhas

Para a galera que prefere um pouquinho mais de facilidade, este é um dos caminhos mais práticos que posso indicar já que é possível fazê-lo de carro adentrando o bairro de Camboinhas – Cambô, para os íntimos. De lá do alto do Mirante, podemos apreciar e porque não, depois, aproveitar um dos cantinhos mais gostosos para um mergulho.


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!? Clique neste link para encontrar os melhores preços.  ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.


A Praia do Sossego é um desses lugares paradisíacos que fica escondidinho entre as praias de Camboinhas e Piratininga. Sim, a paisagem é única e linda, mas eu recomendo que você deixe um pouco a preguiça de lado e desça a trilha que leva ao mar de profundo sossego, no sentido literal da palavra.

Praia do Sossego

Mirante de Itaipu

Oposto ao Mirante de Camboinhas, o Mirante de Itaipu tem o acesso mais fácil e apesar disso, é pouco explorado. Subindo 15 minutinhos podemos avistar as lagoas de Piratininga e Itaipu, a Duna Grande e a Vila de pescadores na Praia de Itaipu.

O grande barato é que para chegar ao Mirante, obrigatoriamente temos que passar pelo meio das casas e observar um pouco como é o dia a dia dos pescadores. Basta seguir por uma ruazinha estreita, logo depois passar pela pequena Igreja de Itaipu e então seguir pelo meio das casas até chegar ao Portal de Boas-vindas. Vale ressaltar que ali fica representada a marcação do Parque Estadual da Serra da Tiririca, este que é um autêntico refúgio da Mata Atlântica – lugar, aliás, que escolhi para morar, sim, eu tenho a sorte e orgulho de morar em um cantinho do Paraíso dentro da Serra da Tiririca. A trilha é super simples e muito bem sinalizada e poucos metros depois da primeira placa, encontramos um painel informando sobre uma divisão, onde seguindo para a direita, chega-se ao Mirante com mesas e cadeiras de pedras.

Morro da Andorinha

Este é o nome do morro que divide as praias de Itacoatiara (Itaquá, para os íntimos) e Itaipú.

Depois de uma trilha de 15 minutinhos, bem sinalizada e super tranquila chegamos a um mirante onde para muitos é o lugar onde presenciamos o pôr do sol mais lindo da cidade.

Praia de Camboinhas

Costão de Itacoatiara

Este é um dos espaços mais famosos para a galera que curte belas paisagens e que ainda curte apreciar um pouco das montanhas do Rio. Para isso, a subidinha é um pouco mais puxada já que dura em média 30 minutinhos morro acima para chegar ao cume de seus 250 metros. Nada impossível, que fique bem claro. É muito comum nos finais de semana os moradores da cidade marcarem uma subida ao Costão pela manhã, uma delícia de passeio, posso garantir. De lá de cima podemos ter uma das melhores vistas da Região Oceânica de Niterói e admirar as lagoas de Piratininga e Itaipu; as praias de Itaipuaçu, Camboinhas, Piratininga e Itacoatiara e ao fundo, as montanhas do Rio que completam este cenário de puro êxtase.

O acesso é bem simples pela praia de Itacoatiara, super bem sinalizado e compensa cada metro percorrido.

Vista do Parque da Cidade em um fim de tarde

Parque da Cidade

Bom, falar do Parque da Cidade é como falar daqueles lugares onde podemos ter a melhor vista de Niterói e não só da Região Oceânica. Com visão privilegiada das lagoas de Piratininga e Itaipu; das praias de Piratininga, Itaipu e Camboinhas; dos bairros de Jurujuba, Charitas, São Francisco e Icaraí; Baía de Guanabara e o grande marzão aberto do Rio de Janeiro o lugar ainda é o recanto dos praticantes de voo livre. E é aí que entra minha grande paixão pelo local, quem sobe o Parque da Cidade fica tentado a praticar um salto e inevitavelmente se apaixona. Meu primeiro salto foi aqui em 1997 e desde então, a cada cidade que visito, tento realizar um salto para conhecer melhor a região, de lá do alto. Este momento inclusive foi determinante para decidir me mudar da cidade do Rio, que é vizinha a Niterói, e me aproximar ainda mais da natureza.

O Parque fica dentro de uma área de preservação ambiental no morro da Viração, a 270 metros de altitude e ocupa 149 mil metros quadrados. Existem dois acessos, mas o mais indicado é pela Estrada da Viração, em São Francisco, e pode ser feito a pé ou de carro. A subida é puxada, mas vale á pena. Se puder, fique para assistir o pôr do sol, garanto que não vai se arrepender. O visual é de encher o peito de orgulho e os olhos de lágrimas.

RESOLVA TUDO PARA A SUA VIAGEM AQUI 


  Seguros Promo

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se agora no nosso canal e confira muitas dicas!!! Acesse youtube.com/user/embarquenaviagem?sub_confirmation=1, inscreva-se, e tenha muito mais conteúdo útil para sua próxima viagem!

2 Comentários

  1. 27 de novembro de 2012 ás 14:43 Responder

    Pois é Ana, eu fico indignada com o descaso que Niterói vem sofrendo. Um lugar tão lindo e tão pouco trabalhado e divulgado. Dá um aperto no coração…
    A verdade é que nós que amamos este lugar temos que tentar fazer algo, pq se dependermos de governantes… hum…
    Beijo grande ;)

  2. 21 de novembro de 2012 ás 10:59 Responder

    Adorei o post, pois também sou apaixonada por minha cidade! Concordo que Niterói é pouquíssimo valorizada como cidade turística. Nós,blogueiros que acreditamos na cidade, devemos usar nosso espaço para divulgação! :-)
    Abs,
    Ana Paula Fidelis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *