Dicas & Destinos

Villahermosa – a porta de entrada para os antigos mundos Maia e Olmeca

O México é um país extremamente rico em sua história, natureza e gastronomia. Isso sem mencionarmos os paraísos turísticos com suas praias, centros de compras e vibrante vida noturna.  Sim, o México tem uma das melhores propostas turísticas das Américas concentradas em um só país.

Já conheci cenários dignos de lua de mel dos sonhos de qualquer casal em Riviera Nayarit, a efervescência turística/baladeira/consumista de Cancún (e arredores) e a multiplicidade e agitação da Cidade do México. Entretanto, desta vez fui mergulhar em um México menos conhecido pelos Brasileiros que ainda se limitam aos destinos básicos no país. Hoje, vou falar um pouco sobre o estado de Tabasco e seus diversos atrativos turísticos. Se você gosta de arqueologia, natureza, aventura e chocolate, te convido a embarcar nesta viagem comigo.

Villahermosa é a capital do estado de Tabasco e a porta de entrada para os antigos mundos Maia e Olmeca. Os museus da cidade têm verdadeiros tesouros de artefatos dessas civilizações pré-colombianas, que incluem gigantescas esculturas de pedra.”

A primeira coisa que percebi ao mencionar o nome do estado foi a confusão com o famoso molho “tabasco”. Esqueça isso. Esse molho não tem absolutamente nenhuma ligação com algo produzido na região. Na verdade, as pimentas que provei por lá são bem mais interessantes e merecem um artigo totalmente dedicado a elas.

Museo La Venta


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!? Clique neste link para encontrar os melhores preços.  ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.


Tabasco é um estado localizado no sudeste do México na divisa com Veracruz, Chiapas, Campenche e com o Golfo do México. Sua localização, aliás, é uma das grandes vantagens para sua rica fauna, seu terreno propício para as plantações de cacau e sua natureza exuberante.

O estado conserva belos sítios arqueológicos de três culturas diferentes: os Olmeca, Maya e Zoque. Tive a oportunidade de conhecer alguns e ver de perto suas construções grandiosas, conhecer um pouco mais sobre o modo como eles estabeleciam suas regras,  seu convívio social e sua relação com a natureza e com os Deuses.

Alguns dos principais atrativos de Tabasco se concentram no Circuito Água e Chocolate. Pude visitar seus rios e atividades como a pesca esportiva e, em um barco em direção ao Golfo do México, observar aves como a cegonha americana e o pelicano branco.

As fazendas de Cacau são passeios imperdíveis e deliciosamente necessários. Nesta viagem visitei duas fazendas cacaueiras, a Hacienda La Luz e a Hacienda Jesus Maria . A primeira que fica em uma área, cercada pelo crescimento recente da cidade, e possui um belíssimo casarão construído em 1890 é um passeio super prático de fazer. Por lá, o chocolate funcional é a grande vedete. Segundo Ana Parizot que está a frente de toda a fazenda, que pertence a sua família, o que acontece com o cacau é muito similar ao que acontece com o vinho: observamos a acidez, os taninos, o amargor, e o local de sua plantação determina muito do sabor e sua classificação.

Já a Hacienda Jesus Maria, que possui 70 hectares de plantação e fica um pouco mais afastada da cidade, pude ter uma verdadeira aula sobre cacau e suas transformações. O cacau criollo almendra blanca, que já foi eleito em 2006 como a melhor variedade de cacau do mundo, no Salão de Chocolate de Paris, é o fruto original do México, antes de outras variedades “invadirem” a região.

Curiosidades sobre o cacau e o chocolate

O cacaueiro, de nome científico, é uma planta nativa de uma região que vai do México, passando pela América Central, até à região tropical da América do Sul, que vem sendo cultivada há pelo menos três mil anos na região. Os primeiros registros de seu uso datam do período olmeca. No entanto, existem evidências que indicam cultivo anterior a esse período. Desde a sua domesticação, o cacau é usado como bebida e, depois, como ingrediente para alimentos. Durante a civilização Maia, era cultivado e, a partir de suas sementes, era feita uma bebida amarga chamada xocoatl,  geralmente temperada com baunilha e pimenta. O xocoatl, acreditava-se, combatia o cansaço, além de ser afrodisíaco.

A partir dos Descobrimentos, foi levado para a Europa, onde se popularizou, especialmente a partir dos séculos XVII e XVIII. Contudo, devido às necessidades climáticas para o cultivo do cacau, não é possível o seu plantio na Europa e por isso as colônias americanas de clima tropical úmido continuaram a fornecer a matéria-prima.

cacau

Villahermosa

A capital do estado de Tabasco se chama Villahermosa e é conhecida como a “Esmeralda do sudeste” devido a sua exuberante beleza natural, com seus lindos parques, natureza, rios caudalosos e encantadoras lagoas. A cidade conta também com boa estrutura para receber o turista. Bons hotéis, variedade de restaurantes para todos os bolsos e gostos, opções de passeios que nos permitem conhecer um pouco mais a cultura mexicana e um povo pra lá de alegre e encantador.

Passeando pelo centro histórico, que está em processo de revitalização, pude apreciar um pouco mais a dinâmica da cidade. Na Praça de Armas pude observar os tabasquenhos de todas as idades se reunidos em brincadeiras infantis, apresentações teatrais e rodas de street dance com a temática de combate a drogas, um dos graves problemas do México. Por ali fica o Palácio de Governo do Estado de Tabasco, em um belíssimo prédio datado de 1894, uma calçada emblemática citando datas importantes da cidade, desde sua época de fundação, até os dias mais atuais. Lá encontramos também uma pequena feira de artesanato, perfeito para comprar suas lembrancinhas.

Entre os lugares que visitei, o Museo La Venta e o Museo de Antropologia se destacaram.

O Museo La Venta é uma combinação de arqueologia e natureza, localizado em uma área de oito hectares, é dividido em duas áreas: zoológica e arqueológica. Esse misto dá o tom diferenciado à atração.

Museu La Venta Villahermosa

Uma vez dentro do parque-museo, uma trilha leva você de um escultura para a próxima. A maioria das peças são cabeças maciças ou altares. Algumas cabeças são tão altas que podem medir dois metros e pesar até 40 toneladas. Estão expostas 17 cabeças que foram encontradas em distintos lugares: 4 em La Venta, 10 em San Lorenzo, e 3 em Tres Zapotes – todas as cidades olmecas na costa leste do México. La Venta foi uma grande cidade durante o período pré-clássico (2000 B.C.-A.D. 300). A maioria destas peças foram descobertas pela primeira vez em 1938. Agora tudo o que resta em La Venta estão alguns montes cobertos de grama que antes eram pirâmides de barro. Uma área de exposição na entrada para o parque faz um bom trabalho de ilustração como La Venta foi um dia.

Duas dicas muito importantes: nem pense em dedicar pouco tempo para conhecer o parque. O tempo mínimo necessário para apreciar com calma, absorver as informações e ver as peças e animais é de três horas. E claro, não esqueça de abusar do repelente, os mosquitos são impiedosos.

O Museo Regional de Antropologia Carlos Pellicer Cámara é um espaço muito bem organizado e rico em detalhes com exposição de peças que retratam a história do estado e de todo o México. Lá, pude admirar algumas peças pertencentes a cultura Olmeca, Maya, Zoque e Nahua que ocuparam o atual território de Tabasco.

Museu antropologia Villahermosa

Conheci um pouco mais sobre sua cultura, seus ritos cerimoniais, a estrutura e organização desses povos e os avanços e conquistas territoriais. Esse belíssimo museu que foi inaugurado em 1980 reúne objetos que nos permite conhecer a grandeza das culturas do México antigo.

Zona de Comalcalco

Comalcalco é uma das cidades antigas mais importantes em Tabasco e fica a apenas 50 quilômetros de Villahermosa.

A cidade atingiu o seu auge entre 600 e 1000 dC e permaneceu um importante centro de comércio por mais alguns séculos. Comalcalco prosperou como um centro agrícola especializado em cacau muito importante na região.

Esta é a única cidade Maia construída com tijolos de barro cozido em vez de pedra. O impressionante sítio arqueológico é composto por três complexos: a Praça do Norte, o Grande Acrópole e a Acrópole do Oriente.

A composição das pirâmides e templos espalhados no sítio é único. Ao contrário dos locais maias em Yucatán, onde o calcário era abundante, os construtores de Comalcalco fabricaram tijolos de argila, areia e conchas. Acredita-se que lá foram construídos os primeiros prédios de tijolos na Mesoamérica.

Passeios em Tabasco

Os praticantes de esportes radicais e amantes da natureza também tem um lugar totalmente dedicado para esta prática de turismo no Kolem JAA. Por lá, meu grupo teve a oportunidade de fazer rappel, arvorismo, tirolesa e se banhar em cascatas belíssimas. O acesso é feito por barco e já nos leva para uma atmosfera bem mais slow motion que é um encanto.

O Kolem JAA é parte de “Vida e Desenvolvimento “, um projeto de proteção dos ecossistemas, um plano ambicioso lançado sob o princípio de que o sustentável deve vir através de diferentes projetos que procuram rentabilidade social e econômica.

Na rota Aventura na Serra, podemos encontrar um passeio bem interessante como o que fiz para Villa Tapijulapa, a cidade mágica. Uma comunidade pitoresca que está incrustada nas montanhas de Tabasco. Ela faz parte dos 111 “Pueblos Mágicos“.

Pueblo Mágico

A igreja de St. James que fica no topo de uma colina, é o ponto de partida para este agradável passeio. A vista é espetacular, principalmente em um fim de tarde quando as luzes começam a acender discretamente sobre a cidade. Descendo as  escadas me deparei com várias oficinas de artesãos que produzem peças lindas de madeira e vime. Na vila de casinhas brancas e telhados vermelhos cercados por densa vegetação pude caminhar por suas ruas estreitas e observar o modo de vida simples e encantador da região.

Quem leva

A Copa Airlines tem voos para o aeroporto de Villahermosa com conexão no Panamá. Aproveite sua escala e vasculhe as lojas em busca de presentinhos. Vale muito a pena.

Do aeroporto de Villahermosa até a cidade leva aproximadamente 30 minutos.

Clima

Devido a sua geografia, o estado de Tabasco é extremamente quente e úmido. Prepare-se para levar roupas leves, sandálias fresquinhas, tênis e muito repelente e protetor solar.

Câmbio

O Peso mexicano é a moeda do país. Em Villahermosa não é muito comum usar dólar para compras como em outros destinos turísticos mais badalados. Recomendo que troque seus dólares assim que chegar na cidade.

Alimentação

A base da gastronomia mexicana é temperada, apimentada e extremamente saborosa. Se você tiver alguma restrição alimentar, deve evidenciar isso antes de comer por lá. Até pratos nada suspeitos podem levar doses caprichadas de pimenta. Informe seu grau de intolerância para não ser pego de surpresa.

Por Villahermosa você vai encontrar muitos frutos do mar, robalos gigantes, camarões, além do famoso peixe de água doce chamado “le peje lagarto”

Extensão a Palenque

Nesta viagem tive a oportunidade de fazer uma visita ao Sítio Arqueológico de Palenque, que fica em Chiapas, estado vizinho de Tabasco. Recomendo que faça esta extensão, se tiver tempo disponível. É uma super aula sobre a história e cultura mexicana.

No Sítio Arqueológico de Palenque é possível andar por dentro do palácio em que viviam os nobres maias que governavam a cidade, observar de perto onde o poderoso Rei Pakal (603 d.C. a 683 d.C) dormia e conferir um pouco mais da forma de viver da nobreza maia.

Conhecidos como astrônomos, matemáticos, engenheiros, entre tantas outras qualificações, os guias do sítio arqueológico chamam a atenção para os Maias e seus feitos mostrando tudo que restou da cidade que um dia foi comandada pelo Rei Pakal. A câmara onde o Rei Pakal dormia, também pode ser observada de perto. Lá encontramos também figuras que evidenciam alguns hábitos comuns dos Mais, como os sacrifícios humanos.

O  túmulo de Pakal, que governou por 69 anos e morreu com mais de oitenta anos, o que era bem incomum na época, também está no Sitio Arqueológico, porém, há mais de 14 anos não recebe visitantes em seu interior. De longe podemos observar a edificação que serve como sepultura, em torno do sarcófago de 20 toneladas.

O Sítio também possui um observatório de astronomia, um templo dedicado à ceiba, uma árvore sagrada para eles e , um templo dedicado à morte.

Especialistas acreditam que o meio ambiente foi o grande responsável pela decadência da civilização Maia. Uma vez que os recursos naturais teriam se esgotado, as  condições climáticas na região foram prontamente afetadas.

Dicas

Como em qualquer viagem, é primordial ter um plano de assistência de viagem para que você possa ficar mais tranquilo e, em caso de necessidade, ter uma amparo imediato e de confiança. Nesta minha trip para o México, a GTA Travel Assistance foi minha parceira de viagem.

Não pense em levar roupas com muitos detalhes e adereços para não sofrer durante os passeios. Faz muito calor por lá e acredite, qualquer detalhe incômodo vai te tirar do sério. Abuse de shorts, camisas de algodão, regatas e vestidinhos leves. Uma calça jeans ou legging é o suficiente para complementar um visual mais coberto, se assim desejar. Até de noite costuma ser bem quente. Esqueça também os saltos para passear.

Leve alguns acessórios super coringas como lenços, chapéus e óculos de sol. Além de ajudar na sua proteção, ainda ajudam a compor um visual bacana.

 

RESOLVA TUDO PARA A SUA VIAGEM AQUI 


  Seguros Promo

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se agora no nosso canal e confira muitas dicas!!! Acesse youtube.com/user/embarquenaviagem?sub_confirmation=1, inscreva-se, e tenha muito mais conteúdo útil para sua próxima viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *