Descubra Portugal

A incrível luz de Lisboa

É a sua primeira vez na cidade ou você já se tornou lisboeta de corpo e alma? Seja como for, é preciso voltar uma e outra vez para conhecer os cantos da capital portuguesa. Este roteiro é a prova disso: há sempre um sabor que fica por provar, uma vista de um miradouro por apreciar, uma rua por percorrer… Curioso? Não espere mais e venha descobrir que brilho é este que a cidade tem.

Vale a pena descobrir Lisboa através da sua luz única. .. Uma luz que impressiona quem a visita e torna a arquitetura da cidade viva. São mais de 3300 horas de Sol no ano!

Hoje o passado mistura-se com uma cultura moderna, vibrante e arrojada. É fácil percorrer as ruas e vielas da cidade e encontrar um qualquer tipo de expressão artística. Mas também dentro de portas, os teatros da cidade têm uma programação preenchida e variada ao longo de todo o ano e, mesmo que não seja para assistir a um espetáculo, vale a pena conhecer muitos deles pelo valor histórico e arquitetônico. Lisboa é também ponto de passagem obrigatório para os maiores artistas internacionais e, no verão, os festivais enchem de música a cidade.

Com um baixo custo de vida, sobretudo para quem vem de fora, é fácil comprar de tudo em Lisboa, desde produtos mais tradicionais na Baixa Pombalina até objetos, expressão máxima de uma criatividade sem limites, em lojas do Bairro Alto e Chiado, por exemplo. Para grandes marcas internacionais, a Avenida da Liberdade não é por acaso uma das mais caras do mundo.

Ao aventurar-se em tentar conhecer a cidade, vista-se de forma confortável, porque para lhe sentir a alma é preciso esforço físico. .. Lisboa está nos detalhes visíveis ou mais escondidos.

Olhar Lisboa a partir do Tejo constitui uma experiência visual única. Várias empresas prestam este serviço com viagens de barco a partir de Belém, Cais do Sodré, Terreiro do Paço, Cascais ou Estoril.

E mesmo quando o sol se põe, a cidade não dorme. Para perceber porque é que Lisboa tem uma das mais afamadas vidas noturnas da Europa, basta pôr alguns locais no roteiro como o Bairro Alto, Bica, Príncipe Real, Cais do Sodré, Belém e Docas ou Avenida 24 de Julho. Os verdadeiros resistentes da noite vêm a luz chegar outra vez à cidade. Em mais um dia, o sol volta a nascer em Lisboa.

Petiscos, vinho, pastéis . .. e fado!

Registrar Lisboa pelo paladar não é má ideia! Entre visitas à Torre de Belém, CCB ou Mosteiro dos Jerônimos, para quê resistir aos famosos Pastéis de Belém? Não se esqueça de lhes (um só não basta!) pôr muito açúcar e canela. Já agora, siga caminho e aproveite para ver o pôr-do-sol no castelo de São Jorge.

pasteis de nata

Alguns dos mais importantes chefes de cozinha da Europa fazem verdadeiras obras de arte gastronômicas na cidade, mas para a experiência estar completa também as tascas têm de ser visitadas. Em algumas delas canta-se o fado, e em todas são servidos petiscos à moda portuguesa.

Hum, difícil é escolher: sopa rica de peixes, ovos verdes, peixinhos da horta, fava-rica, bacalhau à Brás, pataniscas de bacalhau, meia-desfeita, pescada à lisboeta, amêijoas à Bulhão Pato, sardinha assada, bife à Marrare ou bife à Café, iscas com elas, meia-unha com grão, perdizes “Convento de Alcântara”, pivetes guisados…

Só não deixe de escolher um bom vinho português para acompanhar!

Texto original publicado em in Porto Bay

Acompanhe também nossas dicas no instagram @EmbarquenaViagem e use a hashtag #EmbarquenaViagem para marcar suas fotos de viagem, dicas de lazer, hospedagem, entretenimento e cultura.

Embarque na Viagem, o melhor do Turismo, Hospedagem, Lazer, Entretenimento e cultura

O Primeiro Shopping de Containers da Zona Sul Carioca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *