Dicas & Destinos

Intercâmbio: como escolher a acomodação ideal?

Por Ana Luisa D’Arcadia de Siqueira*

Quando se pensa em fazer um intercâmbio cultural são muitas as dúvidas que surgem. Para onde ir? Que tipo de curso fazer? Quanto tempo ficar? Onde ficar? Entre tantas outras questões. O local e acomodações são pontos muito importantes, afinal, a escolha será o seu lar pelo próximo período e é preciso se sentir em casa. Mas qual o melhor tipo de acomodação? Como escolher o melhor custo, benefício, conforto e aprendizado?

economia na internet

A imersão em uma nova cultura envolve muitos fatores. Quando você decide viver uma experiência no exterior, ao chegar no destino escolhido tudo é novidade: o idioma, a comida, os costumes, as pessoas. E é isso que faz o intercâmbio cultural agregar tanto na vida do aluno. Também por isso, a escolha da acomodação é tão importante, afinal esse será o seu refúgio no período do intercâmbio.

Para escolher a acomodação perfeita, é necessário avaliar vários pontos. O primeiro é a duração do curso. Para o aluno que vai ficar até 4 semanas no destino, por exemplo, o ideal é sair do Brasil com a acomodação fechada para todo o período. Para cursos de longa duração, há a possibilidade de fechar no Brasil um período mais curto de estadia, e quando já adaptado ao novo destino, buscar outros estudantes para dividir um apartamento, o que pode sair mais em conta.

Casa de família

Muitos acreditam que essa seja a melhor opção para que se absorva totalmente a cultura do novo país. Isso realmente acontece, mas depende muito do destino. A casa de família pode ser uma ótima opção, mas é preciso saber que não é possível escolher a família antes de sair do Brasil. Há casos de estudantes que se dão muito bem com a nova família, e fazem amizades para a vida toda.

Viver em uma casa de família também é cumprir as regras da casa, então é preciso estar consciente que você não terá tanta liberdade quanto em outras opções. Mas esta pode ser a melhor escolha para aqueles que querem se sentir seguros no destino, todas as casas de família são inspecionadas e credenciadas. Quanto ao preço, varia conforme o destino, mas essa pode ser uma das opções mais em conta.

intercambio

Residência estudantil

Casa ou apartamento, com administração própria, dividido por vários estudantes. O quarto pode ser individual ou compartilhado, e a acomodação é dividida entre estudantes de diferentes destinos. Apesar da residência também ter suas regras, a liberdade é maior que em uma casa de família. O valor fica próximo ao da casa de família e também varia por destino.

Como falado anteriormente, para aqueles que vão ficar por um longo período, vale fechar a acomodação por algumas semanas em casa de família ou residência estudantil e, quando já estiver no novo destino, buscar dividir uma casa ou apartamento com outros estudantes. Essa é uma prática muito comum, já que o estudante pode economizar até 50% em alguns casos.

Essas acomodações nada mais são do que as já famosas Repúblicas Estudantis, muito utilizadas no Brasil em cidades universitárias. Além da economia, nesse tipo de acomodação o estudante vai encontrar mais flexibilidade e liberdade, além de poder optar por apartamentos próximos de seu colégio ou local de trabalho, aumentando a qualidade de vida e economizando ainda mais.

Quem busca mais tranquilidade, pode optar por viver em um studio, um apartamento pequeno, equipado e para apenas uma pessoa ou casal. Também existe a possibilidade de se viver em um hotel. Essa opções são um pouco mais caras, mas oferecem mais conforto e privacidade.

As opções são variadas e cada destino tem suas características por tipo de acomodação. É importante buscar uma agência de intercâmbio séria, com consultores educacionais qualificados para ajudar nesta escolha e em todos os processos do planejamento do intercâmbio.

Casa de família, residência estudantil, apartamento, hotel! São várias as opções. O importante é que a escolha se encaixe no perfil e caiba dentro da realidade financeira do aluno. É fundamental fazer um bom planejamento para que todos os momentos do intercâmbio sejam aproveitados da melhor maneira possível.

*Ana Luisa D’Arcadia de Siqueira é diretora de marketing da Global Study, franquia de intercâmbios.

Acompanhe também nossas dicas no instagram @EmbarquenaViagem e use a hashtag #EmbarquenaViagem para marcar suas fotos de viagem, dicas de lazer, hospedagem, entretenimento e cultura.

Embarque na Viagem, o melhor do Turismo, Hospedagem, Lazer, Entretenimento e cultura

O Primeiro Shopping de Containers da Zona Sul Carioca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *