Transportes & Serviços

‘Gêmeos’ da Royal Caribbean estreiam na temporada 2018-2019 de cruzeiros

A Royal Caribbean lançou a pedra fundamental das obras do novo Terminal A do Porto de Miami, que em breve receberá o maior e mais novo navio de cruzeiros do mundo, o Symphony of the Seas. Ele e seu ‘gêmeo’, o Allure of the Seas, vão se unir em Miami a partir de novembro de 2018 para oferecerem experiências inesquecíveis pelo Caribe, acrescentando destinos até então inéditos para navios da classe Oasis, como Basseterre, St. Kitts & Nevis. As viagens inaugurais do Symphony of the Seas para roteiros na Europa e Caribe já estão disponíveis para vendas no mercado brasileiro. Já para os itinerários do Allure of the Seas na temporada de 2018-2019 serão disponibilizadas no final do mês de março.

O Symphony of the Seas, 26º navio da frota da Royal Caribbean, será entregue em abril de 2018 e passará sua temporada inaugural de verão explorando o Mediterrâneo, visitando os portos de Barcelona e Palma de Maiorca na Espanha; Provença na França; além de Florença, Pisa, Roma e Nápoles na Itália. No início de novembro chegará à Miami para, a partir do sábado, dia 17 de novembro, dar início aos itinerários de sete noites dos roteiros Leste do Caribe e Caribe Ocidental. O Symphony of the Seas navegará para o Caribe a partir do novo Terminal A, de última geração, batizado de “Coroa de Miami” (‘Crown of Miami’).

AINDA MAIOR – O Symphony of the Seas reivindicará para si o título de maior – e mais aventureiro – navio de cruzeiros do mundo. Ele oferecerá 28 cabines a mais do que seu mais novo navio irmão o Harmony of the Seas com cerca de 230 mil toneladas. Entre seus recursos e inovações, está o conceito de 7 bairros distintos, restaurantes criativos e sofisticados, o Bionic Bar com robôs bartenders, , entretenimento de padrão da Broadway, o icônico Aquatheater, o trio de toboáguas Perfect Storm e o Ultimate Abyss, o escorregador mais alto dos mares.

A “Coroa de Miami” (‘Crown of Miami’), um terminal de 51.800 metros quadrados, com previsão de conclusão para a chegada dos navios Symphony e Allure, será a estrutura de cruzeiro mais inovadora nos EUA. Ele deve gerar uma receita de US$ 500 milhões e criar 4.000 postos de trabalho no Condado de Miami-Dade (Flórida, EUA). A Royal Caribbean Cruises Ltd. prevê transportar pelo menos 1,8 milhão de passageiros no porto de Miami, representando 30% do tráfego de passageiros projetado para o porto.

“Líder de mercado entre os brasileiros que fazem cruzeiros no exterior, a Royal Caribbean mantém sua posição com investimento maciço em qualidade e inovação. O novo Symphony of the Seas vem reforçar a Classe Oasis que é a preferida dos turistas brasileiros”, conta Ricardo Amaral, CEO da R11 Travel, distribuidora exclusiva dos cruzeiros da Royal Caribbean no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *