Dicas & Destinos

Compras na Grã-Bretanha

Ao visitar alguns bairros de compras históricos no Reino Unido, você soma compras com passeios turísticos. É sabido que o Reino Unido tem uma cena de moda atualíssima e importante e alguns shopping centers de última geração. No entanto, se você quer comprar algo diferente, volte no tempo e explore as lojas cheias de personalidade e as butiques independentes em algum bairro histórico.

The Shambles, York, norte da Inglaterra

No centro de York, a Shambles é uma das ruas medievais mais bem preservadas do mundo. Ela foi mencionada no Domesday Book de 1086, embora muitas de suas construções sejam dos séculos 14 e 15. As ruas de pedra são cheias de construções com estrutura em madeira que originalmente abrigavam açougues (você ainda pode ver alguns dos ganchos de carne autênticos originais na frente das lojas). Há trechos tão estreitos que neles é possível tocar os dois lados da rua apenas abrindo os braços. Hoje, essa área é cheia de cafés e lojas de suvenir charmosos.
Como chegar: York fica a duas horas de trem da estação King’s Cross, em Londres, e a uma hora e 15 minutos de trem de Manchester.

Clifton Village, Bristol, sudoeste da Inglaterra

Pertinho da icônica ponte suspensa de Clifton, a Clifton Village é um elegante subúrbio com um próspero quarteirão de compras. A maioria das boutiques independentes ocupa belos edifícios georgianos, nos quais há lojas que vendem tudo, como mobiliário descolado, presentinhos exóticos, cestas de piquenique e brinquedos tradicionais. No centro do bairro, a Clifton Arcarde é uma galeria vitoriana fabulosa repleta de pequenas lojas. Você pode se abastecer com um pint da cidra local em um dos pubs históricos da área.
Como chegar: Bristol tem um aeroporto internacional. A cidade fica a duas horas de trem de Londres, e a uma hora e meia de trem de Birmingham.

Galerias vitorianas, Leeds, norte da Inglaterra

Leeds é fantástica para compras, com uma variedade de lojas de rua, um shopping center supermoderno e uma série de grandes lojas de departamento. As galerias vitorianas são bem características e repletas de lojas, boutiques de designers famosos e cafés descolados. A Thornton’s Arcade foi a primeira construída, em 1878, e possui uma bela fachada neogótica. Lá dentro você encontrará marcas como a OK Comics e a conceituada loja de roupa masculina Chimp. A Queen’s Arcade tem fachada magnífica de quatro andares e é o endereço de marcas famosas como Levi’s, Office e Jones the Bootmaker. A galeria mais famosa é a Victoria Quarter. Criada por Frank Matcham, o arquiteto responsável pelo teatro Palladium e o Coliseum, duas construções icônicas de Londres, ela tem mosaicos dourados, piso de mármore e um intrincado trabalho em ferro. Sob um belíssimo telhado de vitrais, você pode comprar peças de marcas como Mulberry, Vivienne Westwood e Louis Vuitton.
Como chegar: Leeds fica a duas horas e 15 minutos de trem da estação King’s Cross, em Londres, ou a 50 minutos de trem de Manchester.


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!? Clique neste link para encontrar os melhores preços.  ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.



Continua depois da publicidade Ⓘ

✔ PAUSA PARA O MERCHAN: Acompanhe também as principais notícias de Portugal num único lugar: www.portaldeportugal.com - dicas, curiosidades e muita informação.


The Lanes, Brighton, sul da Inglaterra

Perto da enseada de Brighton, os Lanes são uma coleção de ruelas estreitas, feito um labirinto, com butiques, cafés, restaurantes e pubs. Antigamente, muito antes de se transformar no balneário mais descolado do Reino Unido, essa região era o centro da cidade pesqueira de Brighthelmstone. A maioria das construções é do século 18 e as lojas coloridas vendem de tudo, incluindo moda, joalheria, obras de arte e utensílios vintage. Nos dias ensolarados, você pode jantar ao ar livre e ouvir música ao vivo de um dos diversos músicos de rua do pedaço. A North Laine é um quarteirão boêmio que abriga mais de 300 lojas independentes e possui um impressionantes acervo de arte de rua, incluindo a icônica peça “Kissing Policeman”, de Banksy.
Como chegar: Brighton fica a uma hora de trem das estações Victoria ou London Bridge, em Londres.

Merchant City, Glasgow, Escócia

A região histórica de Merchant City, em Glasgow, desenvolveu-se nos anos 1750, quando ricos negociantes (conhecidos como “senhores do tabaco”) construíram casas e armazéns aqui. Hoje, a região é uma das mais cobiçadas da cidade, com as construções vitorianas convertidas em boas lojas e restaurantes; A Ingram Street é parte da Style Mile de Glasgow e endereço de lojas de grifes como Mulberry, Armani e Ralph Lauren. Em outros lugares, você encontrará lojas de noivas, de roupas vintage e joalherias. Outro trecho, a Merchant Square, é um centro comercial coberto com um pátio cercado de cafés, bares e restaurantes. Aqui acontece uma feira de artesanato com cerca de 70 barracas vendendo o que há de melhor entre os artistas de Glasgow.
Como chegar: Glasgow fica a quatro horas e meia de Londres por trem e a uma hora de trem de Edimburgo. A cidade também tem um aeroporto.

Castle Quarter, Cardiff, País de Gales

Aos pés do Cardiff Castle, o Castle Quarter possui três belas galerias construídas em 1885. O Castle Arcade é dividido em dois níveis, com uma varanda impressionante e passarelas públicas. A High Street Arcade tem arquitetura gótica e a Duke Street Arcade é uma construção do período eduardiano. As três galerias são cheias de lojas de presentes, joias, livros e roupas.
Como chegar: Cardiff tem um aeroporto internacional. A cidade fica a duas horas de trem da estação de Paddington.

RESOLVA TUDO PARA A SUA VIAGEM AQUI 


  Seguros Promo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *