Negócios & Serviços

Airbnb: Crescimento no Brasil e dicas para ser um bom anfitrião

O Airbnb, plataforma de hospedagem alternativa alimentada por anfitriões comuns, está em expansão no Brasil. De acordo com dados revelados pela empresa ao Estadão, em 2017, o número de hóspedes mais que dobrou em relação a 2016. No ano passado, foram 2,2 milhões de pessoas que usaram o serviço como forma de hospedagem, enquanto em 2016 esse número foi de 1 milhão, representando crescimento de 120%.

Airbnb

O principal motivo que levou mais brasileiros a conhecerem e utilizarem o aplicativo foram os Jogos Olímpicos ocorridos no Brasil em 2016. Segundo Chris Lehane, diretor global de política e comunicação do Airbnb, as Olimpíadas serviram para popularizar o serviço pelo Brasil. Apesar da recessão econômica enfrentada pelo país, mais da metade dos hóspedes no país em 2017 eram brasileiros, revelando que a classe média gasta seus recursos em viagens, segundo a empresa.

O Brasil concentra pouco mais de um quarto das reservas na América Latina. A plataforma também apresentou crescimento no continente em 2017, com 9 milhões de hóspedes a mais do que 2016, uma expansão de 120%. No ano passado, a Bloomberg teve acesso a fontes anônimas e revelou que a empresa teve receita de cerca de US$ 1 bilhão no terceiro trimestre de 2017. O crescimento foi possível por causa do crescimento na América Latina e Ásia, que obtiveram 80% mais reservas de janeiro a setembro de 2017.

O crescimento acima da média nacional de destinos como São Sebastião, Porto Alegre e Recife foi outro fato que chamou a atenção da empresa no ano passado. Hoje, 71% das ofertas disponíveis na plataforma no Brasil são de casas ou apartamentos inteiros, 27% de quartos privativos e apenas 3% de quartos compartilhados. Mais da metade das reservas é feita a partir de recomendações de família ou amigos.

Dicas para ser um bom anfitrião

Se você deseja ganhar uma grana extra alugando uma parte da sua casa ou um imóvel no Airbnb, precisa seguir algumas dicas para oferecer o melhor serviço para os hóspedes. Tudo começa pela apresentação do lugar, por isso, invista em fotos com boa iluminação e ambientação.

É imprescindível que o apartamento ou casa seja funcional e prático, sem excesso de móveis, para que o ambiente fique mais livre. Se você vai morar no imóvel e só vai disponibilizar um quarto, imprima sua personalidade sem medo – até mesmo porque muitos que procuram essa modalidade buscam uma imersão no estilo local.

Atenção nos detalhes é fundamental para oferecer o melhor serviço para o hóspede. No quarto, por exemplo, invista em travesseiros, roupas de cama e cobertores de qualidade. A cama precisa ser confortável. Opte por uma cama de casal, mas se não for possível, a bicama de solteiro é uma alternativa que otimiza espaço e amplia possibilidade de acomodação. Criado-mudo para guardar objetos e um apoio para a mala também são boas pedidas.

Airbnb

No banheiro, deixe prateleiras fora do box para apoiar toalhas e papel higiênico e dentro do box também para guardar xampu, sabonete e outros produtos de higiene pessoal e beleza.

Na cozinha, a dica é ter o necessário para receber a quantidade de hóspedes estipulada por você. Ela deve ter itens básicos para cozinhar refeições simples, como fogão e micro-ondas. A mesa também deve acomodar o número de pessoas que você deseja receber.

Airbnb

Já na sala, o item básico e essencial é uma televisão – se tiver canais a cabo, melhor ainda. O sofá deve ser confortável e pode até virar uma cama para acomodar mais pessoas. Uma dica nesse cômodo é personalizar o ambiente com enfeites, deixando o local mais acolhedor.

Airbnb

O Primeiro Shopping de Containers da Zona Sul Carioca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *