Dicas & Destinos

Trindade: Religiosidade, Solidariedade e Cultura em um só lugar

O Brasil, um país multicultural e repleto de simbolismos, não para de me surpreender. Recentemente, fui convidada para conhecer de perto o maior evento religioso do Centro-Oeste, segundo do Brasil e a maior festa do mundo dedicada ao Divino Pai Eterno. Assim é definida a Romaria que acontece em Trindade, no estado de Goiás, que consolida a região como polo de turismo religioso e atrai religiosos de todo o País e do exterior.

Foto: Naira Amorelli

O período de celebração ao Divino Pai Eterno é de no total dez dias de festividades ininterruptas. Este ano, aconteceu de 22 de junho a 1º de julho e a pequena Trindade ficou gigante, transbordando de tanta fé.

É impossível não associar a toda essa festa religiosa algumas tradições ligadas à cultura do estado, como a dos Carros de Boi, por exemplo. Esta foi sem dúvida uma das melhores descobertas culturais que fiz nos últimos anos.

Neste ano, na extensa programação de festa religiosa, foram realizadas 121 missas, 45 novenas, 27 orações do terço e 11 procissões, além de centenas de batizados e confissões, alvoradas e vigílias. Também aconteceram desfiles e encontros tradicionais, como os de foliões, carreiros e cavaleiros, que há anos representam as raízes regionais.

Foto: Divulgação

História

A devoção ao Divino Pai Eterno em Trindade teve início por volta de 1840. Começou com o casal Constantino e Ana Rosa Xavier que, às margens do córrego Barro Preto (hoje Trindade), encontrou, enquanto trabalhava na lavoura, um Medalhão de barro de aproximadamente 8 cm com a estampa da Santíssima Trindade – Pai, Filho e Espírito Santo – coroando Nossa Senhora. Para eles, aquilo era um sinal divino. Pegaram o objeto sagrado, beijaram, fizeram um altar em sua casa e passaram a fazer orações com sua família e vizinhos.


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!💡 Clique neste link para encontrar os melhores preços. 💡 ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.


Cerca de dois anos após o início das orações em torno do Medalhão, Constantino se dirigiu a Pirenópolis, a mais de 120 km do então Barro Preto, com o intuito de restaurar o objeto sagrado. Para isso, procurou o artista plástico goiano Veiga Valle. Aconselhado pelo artista, Constantino resolveu fazer uma réplica da figura da Trindade Santa coroando Maria em um tamanho maior, esculpida em madeira. Constantino gostou da ideia e, como forma de pagamento deixou o seu cavalo para o artista. Foi necessário, então, fazer o caminho de volta a pé, com a Imagem. Conforme a história dos Missionários Redentoristas, com esse ato, Constantino foi reconhecido como o primeiro romeiro a fazer a caminhada até Trindade. E a Imagem, esculpida por Veiga Valle, se consagrou como o Ícone Sagrado da devoção ao Divino Pai Eterno.

Foto: Divulgação

A história conta que a devoção iniciada com o encontro do Medalhão, fez com que acontecesse uma sucessão de milagres. A notícia se espalhou e atraiu pessoas de outros lugares para verem a imagem e pedir por milagres diante dela. Assim nasceu a Romaria do Divino Pai Eterno.

A Festa

O dia da grande Festa do Divino Pai Eterno é o primeiro domingo do mês de julho de cada ano. Durante os nove dias que o antecedem, são celebradas missas e novenas, além de outras atividades religiosas e programações paralelas.

Muitos devotos percorrem, a pé, os 18 quilômetros entre Goiânia e o Santuário Basílica, em Trindade, como forma de pagar promessas, pedir graças e agradecer bênçãos alcançadas. Os peregrinos partem ainda de outras cidades e estados para o trajeto até a cidade. Caravanas também chegam de diferentes destinos do país ao longo de todo ano e se intensificam na festa.

Foto: Divulgação

Comitivas de cavaleiros e de carreiros saem de diferentes regiões do País, fazem pouso ao longo do percurso até chegarem a Trindade durante a Romaria. A maior procissão de carros de boi do Brasil já é um marco tradicional do evento e sem dúvida alguma, uma das coisas mais incríveis que pude conhecer de perto. Durante esta experiência, conheci Wilson,  Rosania e sua família de carreiros que me acolheu muito bem no dia de sua partida de Trindade, de volta à sua cidade, Inhumas, no próprio estado de Goiás. Pouco antes de sua partida, tomamos um café e enquanto conversávamos eles me mostraram e explicaram muita coisa sobre a tradição da família, que perdura algumas gerações.

Fotos: Naira Amorelli

Em Trindade, os principais pontos turísticos são diretamente ligados à fé católica. Estive visitando alguns que vou destacar abaixo:

Basílica – A Casa da Fé

O Santuário Basílica, uma belíssima construção em forma de cruz, é o local mais visitado e acolhe sete mil pessoas em média. Conta-se que ela começou a ser construída em 1943, mas somente em 1974 passou a funcionar.

Na parte superior, um amplo espaço, em forma de cruz, para as missas é adornado por belíssimos vitrais que contam fatos peculiares a fé católica e a fatos relacionados à bênçãos alcançadas. Lá fica também o local onde encontra-se uma réplica da imagem do  Divino Pai Eterno.

Fotos: Naira Amorelli

No subsolo encontra-se a ampla Sala dos Milagres. Lá estão expostos os mais variados objetos que contam um pouco da história da devoção ao Pai Eterno. No local, é possível encontrar desde quadros, roupas, próteses a até TV’s antigas e rádios, como forma simbólica de agradecimento a alguma graça alcançada. Sem dúvida alguma, a parede reservada para quadros que contam os primeiros milagres na região foi o que mais me impressionou. Nesta sala também encontramos uma espécie de memorial para o cantor Leandro, morto há vinte anos com um câncer no pulmão. Seu paletó, chapéu, violão, alguns discos estão expostos. Vale destacar que a família também é devota, e anualmente a mãe dele, dona Carminha, participa da festa.

Fotos: Naira Amorelli

Igreja Matriz

No local onde foi construída a primeira capela do Divino Pai Eterno encontramos a igreja matriz de 1912, que também foi o primeiro santuário da cidade.

A Paróquia do Divino Pai Eterno foi fundada quando os Missionários Redentoristas perceberam o aumento de católicos que visitavam a cidade devido à fé despertada pelo encontro do Medalhão. Diante disso, viram a necessidade de construir uma igreja para acolher aqueles romeiros que já vinham de longe por conta da fé e das graças alcançadas.

Conta-se que a construção foi feita por várias mãos. Toda a comunidade do então vilarejo de Barro Preto se empenhou em ajudar a erguer a igreja.

Fotos: Naira Amorelli

Atualmente, encontramos uma igreja restaurada, com pisos de madeira e um belo pé direito, tombada como Patrimônio Histórico do Estado de Goiás e Nacional, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Nela encontramos nas laterais imagens de santos católicos e na parte de trás do altar, uma imagem fica presa a uma fita que os fiéis costumam passar por volta da cabeça e beijar enquanto fazem suas orações. Assim como fazem na imagem que fica na Basílica.

Vila São Cottolengo

Tudo que pude conhecer na cidade foi muito interessante, mas nada foi tão especial como a experiência que tive ao visitar a Vila São Cottolengo.

O local é moradia de 365 pessoas com deficiências mental e física. que encontram na instituição acolhida, cuidados especiais e muito carinho. Uma equipe multidisciplinar faz atendimento diário dos internos e também de outros pacientes em seu ambulatório. Destaco que esta é mais uma obra social que conta com o apoio da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). A Vila São Cottolengo conta com a ajuda de milhares de pessoas que fazem doações. Recomendo que em sua passagem por Trindade, faça uma visita a este local de coração aberto. A experiência é muito tocante.

Fotos: Naira Amorelli / Divulgação

Carmelo

Outro local que tive a oportunidade de visitar na cidade de Trindade, após o término das festividades  foi o Carmelo da Santíssima Trindade. Um lugar que me transmitiu profunda paz e inspiração.

Inaugurado em 7 de Junho de 2009, o local é destinado às Irmãs Carmelitas, que têm como objetivo de vida viver na clausura e praticar a oração. No Carmelo, elas se dedicam a orar diariamente pelas intenções dos fiéis.

Se você quiser fazer uma visita ao local, recomendo que faça sem pressa, o ambiente realmente é muito inspirador, repleto de paz, o lugar perfeito para se desconectar ouvindo o canto dos pássaros.  

No pátio externo do Carmelo encontra-se uma fonte de água e logo ao lado, o local que foi construído para ser o cemitério das irmãs. Sem uso até o momento. Lá dentro encontra-se também uma pequena sala com objetos para venda, que são  produzidos em parte pelas irmãs. Dependendo do momento que você fizer a visita ao Carmelo, poderá até mesmo conversar, rezar e receber orientação espiritual das Irmãs Carmelitas.

Fotos: Naira Amorelli

Passeio de Bonde pela cidade

O Bonde do Pai Eterno é uma das formas mais práticas de fazer um passeio panorâmico pela cidade.

O passeio que começa no Santuário Basílica, segue pela Via-Sacra até a Igreja do Santíssimo Redentor, também conhecida como igreja do Pe. Pelágio. A partir daí, o bondinho vai para o Convento da Copiosa Redenção, depois segue para o Carmelo da Santíssima Trindade, para a Vila São Cottolengo, passando também pela construção do Novo Santuário e finaliza, novamente, na Basílica.

Durante todo o trajeto, a animada guia vai contando um pouco da história da cidade, explicando um pouco sobre cada atração visitada, as obras sociais, as curiosidades, claro que tudo acompanhado de muita cantoria e orações. Vale a experiência, muito divertida.

O ingresso do bondinho custa R$10 e todo o valor arrecadado é direcionado a ajudar na obra do novo santuário.

Fotos: Naira Amorelli

Novo Santuário do Divino Pai Eterno

Devido ao fluxo constante de peregrinos e à força que a devoção tem ganhado no país e até no exterior, a cidade de Trindade ganhará mais um santuário dedicado à devoção ao Divino Pai Eterno.

Estive visitando a área de construção do novo santuário que está com previsão de ser inaugurado em 2023, de acordo com o cronograma inicial.

Esta construção tem o objetivo de melhor acolher os fiéis que chegam de todo canto do Brasil, oferecendo um local adequado com mais conforto e aconchego.

Ao todo, o complexo religioso terá 124 mil metros quadrados. A cúpula terá 94 metros de altura, equivalente a um prédio de 30 andares. Também será construído um campanário, aquela famosa torre onde ficam os sinos, com 110 metros de altura. Em função desta dimensão, também haverá um grande espaço para visitação da Imagem do Divino Pai Eterno e exposição do medalhão encontrado em 1840.

De acordo com o projeto, a praça térrea irá abrigar um museu, sala dos milagres, auditório, local para queima de velas, lojas de produtos religiosos e espaços destinados à alimentação.

A acessibilidade também é uma grande prioridade no novo Santuário, com sanitários amplos, locação de cadeiras de rodas, carrinhos para auxílio na locomoção de pessoas com deficiência, fraldário e posto médico.

O local também contará com um amplo estacionamento para veículos de passeio, ônibus e carros de boi de romeiros vindos de todo canto do Brasil.

Fotos: Naira Amorelli / Divulgação

Construção

Em outubro de 2010, foi anunciada a construção deste novo santuário dedicado à devoção ao Divino Pai Eterno. A pedra fundamental foi lançada durante a Romaria de 2011 e as obras começaram em abril de 2012. Até o momento de minha visita, já foram feitas as fases de sondagem do terreno, drenagem, terraplenagem, fundações subterrâneas, foram construídas as bases da capela e do ossário na parte do subsolo, a laje da praça térrea, além dos mais de 400 pilares  de sustentação da praça elevada. Uma curiosidade que vale destacar: todos os pilares e colunas do novo santuário receberam os nomes de santos da igreja católica. A construção e edificação dependem integralmente de doações dos devotos.

Onde se hospedar

Em minha estadia por Trindade, fiquei hospedada no Hotel Liguori, que fica logo na entrada da cidade.

O hotel, além de ter uma ótima localização para a observação dos romeiros que chegam à cidade no período das festividades, possui instalações muito boas e um café da manhã de comer rezando.

O hotel conta no total com 100 modernos apartamentos diferenciados entre Superior, unidades adaptadas para Portadores de Necessidades Especiais (PNE) e Executivo.

Eu fiquei hospedada em uma ampla  suíte executiva com 1 cama Superking que contava também com uma estação de trabalho muito grande e  prática. O banheiro, que contava com duas pias, roupões, amenities e secador de cabelos, também acompanhou a grandiosidade do quarto. Um closet muito prático, cofre eletrônico, frigobar e uma TV de 40” complementam a suíte, toda revestida de piso frio.

Fotos: Naira Amorelli

O café da manhã do hotel merece um destaque especial. Além das frutas da estação (super doces) e dos já imaginados pãezinhos especiais da região, uma variedade de pamonhas, bolos e biscoitos de queijo (aqui no Rio de Janeiro chamamos de pães de queijo) me aguardava a cada manhã para a dura tarefa de satisfazer meus desejos gastronômicos. Sim, sou a “louca do café da manhã”. Para mim, esta é a refeição mais desejada do dia e para tal, realizei praticamente um ritual que durava em média uma hora. Claro que eu tenho que provar tudo. Sem exceções.

Onde comer

No hotel Liguori, onde fiquei hospedada, o restaurante também funciona para almoço e jantar, e é aberto para não hóspedes também. Tive a oportunidade de experimentar o jantar logo na minha chegada e fiquei muito satisfeita com o que encontrei. Uma comida simples, sem firulas, leve, bem temperada e com um preço muito justo. Não passou de 15 reais um prato com carnes, arroz, feijão e legumes, uma travessa de caldo de milho e uma lata de guaraná.

Outra opção muito boa, repleta de pratos típicos da região, é o Restaurante Cerrado Goiano. Lá eu experimentei vários pratos que você encontra facilmente nos restaurantes mais tradicionais de Goiás. Claro que eu provei de tudo um pouco. Afinal, que graça tem viajar e não se jogar na gastronomia local? A fórmula é a mesma do restaurante anterior: comida muito boa e preço super justo. Não me lembro exatamente o que comi, mas sei que tinha muita coisa, muita mesmo. Paguei 20 reais pelo prato caprichado e duas latas de guaraná. A sobremesa ainda foi uma cortesia da casa. Super bacana.

Fotos: Naira Amorelli

Trindade foi sem dúvida alguma uma grata surpresa entre as tantas viagens que já fiz. Costumo dizer que as viagens não se classificam pelos lugares visitados e sim pelas pessoas que encontrei no caminho. Posso afirmar que essa foi realmente especial e tocou profundamente o coração desta viajante que vos escreve. Conhecer pessoas como os carreiros Sr. Wilson e a doce dona Rosania só me inspiraram. Ver os olhos lacrimejantes de duas senhoras que estavam no meu grupo, durante o passeio de bonde, ao avistarem, mesmo que de longe as obras do novo santuário, também me emocionou muito. Conversar com alguns romeiros, que vindo de tão longe, em meio a tantos sacrifícios, tudo isso só me deixou uma certeza: não há força maior que a FÉ. E que ela, possa nos transformar em pessoas melhores, seja qual for nossa religião.

Foto: Divulgação

*Naira Amorelli viajou para a cobertura da Romaria do Pai Eterno de Trindade a convite da AFIPE e conheceu alguns atrativos turísticos com o apoio da Araraúna Receptivo.


PLANEJE A SUA VIAGEM COMPLETA AQUI


♦ HOSPEDAGEM: Booking | Hotel Urbano | Airbnb - Ganhe R$130

♦ SEGUROS DE VIAGEM: Seguros Promo  | Sulamérica Seguros

♦ CHIP INTERNACIONAL: My Simtravel

♦ ALUGUEL DE CARRO: Rentcars

  ♦ TICKETS DE TREM: Rail Europe

TOURS E EXCURSÕES: Ticketbar

♦ PASSAGEM AÉREA: Passagens Promo

♦ CARTÃO DE CRÉDITO INTERNACIONAL: ZenCard (pré-pago)

INGRESSOS PARA MUSICAIS, TRANSFERS E TOURS GUIADOS: Weplann

♦ INGRESSOS INTERNACIONAIS PARA ESPORTES E SHOWSSports Events 365

PARQUESUniversal Studios Florida | Universal's Islands of Adventure | Universal’s Volcano Bay


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *