Descubra Portugal

Ribatejo: 5 coisas que você precisa fazer

O ano vai passando com uma velocidade louca e logo, logo já estaremos nas férias tão desejadas, certo? Aposto que você está pensando em tirar uns dias de viagem para recarregar baterias e, se o plano for conhecer Portugal, melhor ainda. Pensando nisso, reunimos 5 coisas que você precisa fazer quando estiver visitando a zona do Ribatejo.

Tão pertinho de Lisboa, para lá das margens do Tejo é possível visitar o país autêntico, voar sobre a Lezíria, montar um puro-sangue lusitano, explorar grutas de rara beleza e seguir pegadas de dinossauros. Motivos não faltam para se jogar na estrada.

Batismo de voo na Azambuja

A cerca de cinquenta quilômetros de Lisboa, deixando a A1 no entroncamento do Carregado, aponta-se à pitoresca vila de Azambuja, palco da centenária Feira de Maio, uma das mais castiças do Ribatejo, que inclui as típicas corridas de touros nas ruas durante cinco dias e animação constante entre arraiais até de manhã e programas de fado vadio. O caminho faz-se em linha reta pela EN3, passa-se por Vila Nova da Rainha, local ligado às origens da aviação militar no país (na antiga Escola Aeronáutica projetou-se o hidroavião de Sacadura Cabral e Gago Coutinho na primeira travessia do Atlântico Sul, em 1922). E por falar em voos que ficam para a história, esta é a oportunidade para escrever uma só sua: junto à rotunda sul de Azambuja, virando à direita para Campo/Vala Real/Palácio, a caminho de Valada do Ribatejo, passando a praia fluvial, encontra o aeródromo de ultraleves, aberto a batismos de voo, desde 75€/hora.

Ribatejo: 5 coisas que você precisa fazer

Sopa da Pedra a caminho de Almeirim

Seguindo a estrada até Porto de Muge pode optar-se pela travessia da ponte metálica Rainha D. Amélia. Esta ponte ferroviária, inaugurada em 1904 e convertida em 2001 para uso rodoviário, tem sido alvo de obras de restauro, mas está reaberta sem limitações para chegar a Muge. Já no outro lado, parada obrigatória para degustar a célebre sopa da Pedra, em Almeirim, que integra a Região de Turismo do Alentejo desde 2002, mas é a Charneca Ribatejana em estado puro. São muitos os bons restaurantes que têm o petisco, o mais conhecido é o Toucinho. O prato forte é ideal para se recuperar das emoções fortes de um batismo de voo sobre a linda Lezíria.


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!💡 Clique neste link para encontrar os melhores preços. 💡 ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.


Ribatejo: 5 coisas que você precisa fazer

Capital do cavalo

Pela N118 encontra o caminho mais curto para a Golegã. São cerca de 30 minutos de boa estrada até à vila que é palco da concorrida Feira do Cavalo, que acontece sempre na época do São Martinho. No resto do ano, impera a calma e a tranquilidade, que permite usufruir com tempo uma visita às coudelarias da zona, onde se encontram os famosos cavalos de pura raça Lusitana. A Coudelaria Veiga, fundada há mais de 200 anos, na Quinta da Brôa, em plena Estrada Real, vale uma visita.

Ribatejo: 5 coisas que você precisa fazer

Convento de Cristo, Tomar

De regresso à estrada, para mais meia hora de condução, através do IC3 e da A13, em direção a Tomar. É lá que encontramos o conjunto edificado Patrimônio Mundial da UNESCO. As visitas ao Convento de Cristo e ao Castelo de Tomar são imperdíveis. Estes são monumentos tão ricos em detalhes que “pedem” a observação minuciosa de cada cantinho. O convento organiza atividades para crianças todos os primeiros domingos do mês, quando a entrada é gratuita. Em Tomar também acontece a conhecida Festa dos Tabuleiros, uma das manifestações culturais e religiosas mais antigas de Portugal, que se realiza apenas de 4 em 4 anos, no início de julho.

Ribatejo: 5 coisas que você precisa fazer

Grutas de Mira de Aire e pegadas de dinossauros

As serras de Aire e Candeeiros são o mais importante repositórios das formações calcárias existente em Portugal, por isso merecendo a classificação como Parque Natural. Oportunidade para praticar uma condução mais esportiva nas estradas arranjadinhas que serpenteiam serra acima, sem perder nada do que a região tem para oferecer. O destaque maior vai para as Grutas de Mira de Aire. Com 11 km de extensão, são as maiores grutas turísticas de Portugal, foram descobertas em 1947 e valem uma visita. Preços a partir de 4€. Não deixe de conferir também as pegadas de dinossauros na Jazida de Vale de Meios e o Castelo de Porto de Mós, conquistado aos mouros por D. Afonso Henriques, em 1148.

Ribatejo: 5 coisas que você precisa fazer


PLANEJE A SUA VIAGEM COMPLETA AQUI


♦ HOSPEDAGEM: Booking | Hotel Urbano | Airbnb - Ganhe R$130

♦ SEGUROS DE VIAGEM: Seguros Promo  | Sulamérica Seguros

♦ CHIP INTERNACIONAL: My Simtravel

♦ ALUGUEL DE CARRO: Rentcars

  ♦ TICKETS DE TREM: Rail Europe

TOURS E EXCURSÕES: Ticketbar

♦ PASSAGEM AÉREA: Passagens Promo

♦ CARTÃO DE CRÉDITO INTERNACIONAL: ZenCard (pré-pago)

INGRESSOS PARA MUSICAIS, TRANSFERS E TOURS GUIADOS: Weplann

♦ INGRESSOS INTERNACIONAIS PARA ESPORTES E SHOWSSports Events 365

PARQUESUniversal Studios Florida | Universal's Islands of Adventure | Universal’s Volcano Bay


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *