Negócios & Serviços

Nota Oficial: Instituto Inhotim – Brumadinho-MG

Instituto Inhotim não receberá visitação até fevereiro. Museu foi fechado às pressas após rompimento de uma barragem em Brumadinho, Minas Gerais.

Fechado às pressas na última sexta (25) depois do rompimento de uma barragem da mineradora Vale, o Instituto Inhotim, em Brumadinho (MG), anunciou que deve reabrir só em fevereiro.

De acordo com a nota divulgada pelo museu, que tem um dos maiores acervos de arte contemporânea do mundo, seus funcionários e recursos estão dedicados a prestar assistência aos atingidos pela tragédia.

Visitantes que já tinham ingressos comprados para visitar Inhotim nos próximos dias poderão pedir reembolso das entradas. Mais informações pelo e-mail info@inhotim.org.br.

Brumadinho

“Em solidariedade à comunidade de Brumadinho e a todos os atingidos pelo rompimento da barragem da Mina do Feijão, o Instituto Inhotim informa que permanecerá fechado, por ora, até quinta-feira 31 de janeiro.

A Instituição está toda mobilizada para prestar assistência aos atingidos e aos nossos funcionários e funcionárias. Estamos em contato com os órgãos competentes para entender os impactos do desastre e traçarmos conjuntamente medidas para minimizar os danos.

Brumadinho é a casa do Inhotim e de tantas outras vidas e histórias. Enquanto instituição cultural referência na região, que nasceu e se desenvolveu neste lugar, nos comprometemos a utilizar todos os nossos meios possíveis para apoiar na recuperação da cidade e na superação dessa grande tragédia que afeta a todos nós.”

Instituto Inhotim – nota oficial

As autoridades locais instalaram na Faculdade ASA de Brumadinho, na MG-040 – km 49, o ponto de apoio para a população, onde está centralizando informações e doações. Quem quiser fazer doações deve entrar em contato com a Defesa Civil de Brumadinho pelo telefone: (31) 3571-6067.

3 Comentários

  1. 29 de janeiro de 2019 ás 21:43 Responder
    Julio

    Prezados! Sinto-me na obrigação de oferecer minha sugestão como engenheiro. O uso de ar comprimido. O ar comprimido injetado em forma de micro bolhas, (ex: uma mangueira com muitos furos), diminue a densidade da lama devido ao aumento de sua porosidade, facilitando a emersão dos corpos bem como o afloramento de materiais em geral, devido ao revolvimento da massa. Também permite o afloramento de odores, facilmente detectáveis por cães farejadores. Esta sugestão, no momento, certamente, se não ajudar não atrapalha! Neste momento, acredito que toda ajuda, principalmente técnica, seja bem vinda. Salval uma vida significa salvar um planeta. Que Deus nos ilumine com idéias! Obrigado e um forte abraço! ????

  2. 28 de janeiro de 2019 ás 17:06 Responder
    Maŕio

    E MUITO TRISTE VER ISTÓ AÇOÑÞECÉR NOVAMÉÑTE EM NOSSO ESTADO E PRECISO QÚE SEJÁM PÓÑIDOS COM RIGÓR,POÍS AĹÉM DÓS DAS GRAÑĎE NÚMERO DE FÁMÍĹÍAS DESTRUÍDAS E SEUS BENS TEM TÁMBEM A ĎESTRUIÇÁÓ DÓS RIÓS E Á ĎEVÁSTÁÇAÓ ĎA NÁTUŔEŹA

  3. 28 de janeiro de 2019 ás 15:06 Responder
    Julieta Felix Duela

    Choro junto aos familiares que tiveram seus entes queridos mortos pela incompetência
    e ganância de grandes empresarios .
    Esta tragédia envergonha nossa nação.!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *