Dicas & Destinos

Vamos falar sobre cidades medievais na Europa?

As cidades medievais são jóias preservadas em meio ao progresso das grandes metrópoles e que atraem milhares de turistas por todo o planeta. São tantas opções pelo mundo que você nem imagina.

Estou simplesmente ENCANTADA com algumas algumas vilas e cidades medievais e confesso que fazer essa lista foi uma tarefa complicada. Hoje vou falar sobre três que me despertaram mais atenção e que não são tão badaladas.

Uma característica que vale lembrar é que as aldeias ou cidades medievais são como verdadeiros modelos de condomínio bem sucedidos. Observe, itens como segurança, prédios duráveis, entorno saudável, harmonia entre prédios e natureza, beleza panorâmica, vizinhança sociável, são ou não são requisitos de um bom condomínio? E encontrá-los reunidos em uma justa proporção é coisa rara e custosa nos dias de hoje. Essas características estão todas presentes nas cidades e aldeias medievais. Vamos então a elas.

cidades medievais

Turenne – França

Encontrar informações sobre Turenne é uma árdua tarefa. Parece que essa joia está propositalmente “perdida” no meio da França para não ser descaracterizada e não sofrer as influências diretas do mundo moderno.

Com pouco menos de mil habitantes, esta delícia de vila medieval fica relativamente afastada de Paris (cerca de  428 km) e tem como vizinhas cidades e vilas tão pequenas e simpáticas quanto ela. Para se ter uma ideia, uma cidade mais conhecida que fique um pouco mais próxima é a bela Toulouse com aproximadamente 162 km de distância.

A pitoresca cidade medieval de Turenne tem suas ruas estreitas, pequenas praças, imponentes portões, passagens sob alpendre, pequenas casas amontoadas, especialmente na rua Direita, construções de calcário, com elementos de arenito vermelho ou rosa, que nos remete ao miolo entre os séculos XV e XVIII e revelam um passado rico em acontecimentos.

Conhecida como uma das “mais belas aldeias da França”, em Turenne você poderá saborear a essência da França, através da deliciosa comida e do vinho encorpado da região. Não deixe de considerar uma esticada a esta bela região em sua próxima viagem à França.

NUNCA viaje sem Seguro Viagem: Quem acompanha o Embarque na Viagem já está mais que cansado de ler essa frase. Isso não se trata de uma tática comercial ou uma frase bonitinha para demonstrar preocupação ou coisa assim. É fato. Simples e comprovado. Se você vai viajar é importante ter o seguro para te auxiliar em uma série de imprevistos que podem ocorrer em qualquer viagem como extravio de bagagens, voos cancelados, além é claro da tradicional assistência de saúde. Uma assistência de viagem para Europa, com cobertura por 15 dias pode ser comprado com valores a partir de R$ 5,66 por dia e te poupar de muita dor de cabeça.

cidades medievais

Tallinn- Estônia

Preservação é o lema desta linda cidade medieval. Pouquíssimas pessoas conhecem Tallinn, capital da Estônia como uma cidade medieval. Suas ruas e castelos muito bem conservados são uma verdadeira volta aos tempos medievais, que tornam a cidade deste pequeno país da ex-União Soviética, em um verdadeiro museu a céu aberto.

Tallinn, tem 400 mil habitantes, é uma daquelas cidades que também parece ter parado no tempo. Considerada como a mais bem preservada cidade medieval do mundo, mesmo após a invasão de alemães, dinamarqueses, russos, suíços e soviéticos, Tallinn tem características únicas.

St. Catherines Passage é uma rua que acolhe diversos ateliês de artistas em um clima medieval e muito peculiar devido a sua arquitetura. Passeando pelas conservadas ruazinhas do centro histórico, chegamos a Toompea, que é uma parte mais alta da cidade. Lá você terá, sem sombra de dúvida a melhor vista da cidade. Por lá estão também  localizados importantes pontos turísticos, como a sede do parlamento da Estônia, no Castelo de Toompea, a antiga e mais importante torre de defesa, Kiek in de Kökas, e as igrejas católica-ortodoxa Alexander Nevsky e a luterana St Marys, o templo religioso mais antigo da cidade.

Passear por Tallinn é relativamente barato se compararmos a outras cidades medievais europeias.

cidades medievais

Elvas – Portugal

A cidade de Elvas, no Alentejo, em Portugal, é considerada pela UNESCO como Patrimônio Mundial por conta dos seus belíssimos conjuntos de fortificações datadas do século XVII a XIX. Entre os monumentos reconhecidos estão as Muralhas Seiscentistas de Elvas (século VXII), o Aqueduto de Amoreira (século VXII), os Fortes de Santa Luzia (século VXII) e de Nossa Senhora da Graça (século VXIII), os fortins de Santo Domingos, São Pedro e de São Mamede (século XIX) e o Centro Histórico da antiga praça-forte de Elvas.

cidades medievais

Cidade-fortaleza ou Rainha da Fronteira, como é chamada pelos portugueses, Elvas foi disputada pelos árabes e cartaginenses até 1229, quando foi definitivamente reconquistada por D. Sancho II. Com saída estratégica para o oceano Atlântico e fronteira ao leste com a Espanha, suas fortificações terrestres, em formato de estrela, com impressionante extensão de até dez quilômetros, remetem ao cenário das grandes batalhas bárbaras de produções cinematográficas milionárias. Mais que uma fortificação, um verdadeiro berço de história.

O acesso a cidade de Elvas é muito simples, podendo ser feito de carro ou ônibus, partindo de Lisboa, com trajeto que leva em média 2h30.

Então já sabe, comece desde já a organizar sua próxima viagem e admire sem moderação as muralhas quilométricas, as emblemáticas torres, igrejas antigas, praças floridas, vielas estreitas, centenas de anos de história e tanto charme que esses castelos europeus têm à oferecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *