Variedades & Tecnologia

Made in Britain: 5 raças de cães oriundas da terra da rainha

Com personalidades e características variadas, conheça algumas das raças de cães mais populares do Reino Unido

Assim como em outras partes do mundo, o cachorro inglês também é querido na Inglaterra. A Rainha Elizabeth II detém o título de Patrona Real de RSPCA, uma associação que promove o bem-estar dos animais. A própria família real demonstra seu carinho pelos bichinhos, com Elizabeth tendo sido dona de vários cães da raça corgi.

Com o passar dos anos, a Inglaterra acabou exportando diversos tipos de cães para todos os cantos do planeta. Este texto irá mostrar algumas das raças mais populares oriundas das terras britânicas.

Raças exportadas pelo Reino Unido

Saiba algumas das características das raças mais presentes na casa dos brasileiros, de comportamento aos cuidados com a saúde.

Border Collie

Os cães dessa raça são privilegiados por serem considerados os cachorros mais inteligentes do mundo. Além disso, os Border Collie são atléticos e demonstram boa capacidade para compreender e obedecer a ordens.

Eles também são protetores e afetuosos em relação aos seus donos. Entretanto, seu adestramento deve receber atenção do proprietário. Sem isso, o cão pode se tornar arredio e criar o hábito de perseguir carros e motos devido à sua natureza pastoreia.

A raça costuma ser muito saudável, sendo que uma boa alimentação, feita de maneira equilibrada e que dê conta do desgaste calórico do cão, tende só a melhorar o quadro. Entre as enfermidades mais desenvolvidas por ele estão a catarata, a displasia do quadril e a surdez, o que exige visitas regulares ao veterinário.

Buldogue

Tranquilos e quietos, os Buldogues são uma raça brincalhona e afetuosa, que costuma se dar bem com crianças. Por serem inteligentes, é bem fácil treiná-los, apesar de não aceitarem vozes de comando com facilidade.

A raça precisa de uma boa dose de exercícios, mas geralmente não é agitada. Esses exercícios, no entanto, não podem ser muito intensos, já que sua característica de ter o focinho achatado faz com que ele seja mais sensível ao calor, o que dificulta a respiração.

Em relação aos cuidados, as unhas precisam ser cortadas regularmente, assim como é necessário limpar as orelhas. As dobrinhas, típicas da raça, também devem ser limpas regularmente com lenços umedecidos, com o objetivo de evitar o acúmulo de sujeira e o surgimento de infecções e dermatites.

Jack Russel Terrier

O enérgico Jack Russel Terrier vai exigir disposição de seu proprietário. Alegre e bastante leal ao seu dono, ele tem grande energia para fazer atividades, brincar, pular e cavar buracos.

De caráter independente, os cães dessa raça costumam ser mais teimosos do que os demais. Por isso, é preciso ter cuidado com o que e como dizer a eles, caso queiram ser obedecidos. A inteligência e autonomia do animal, por outro lado, faz com ele se adapte fácil aos ambientes.

Não é recomendado que o cão fique sem supervisão na presença de crianças mais novas, que podem puxar seu rabo e orelhas – algo que ele detesta. O contato com animais pequenos também deve ser evitado devido ao seu instinto de caça.

raças de cães

Golden Retriever

Brincalhão e amigável, o Golden Retriever é uma das raças de maior porte mais queridas no mundo. Ele se destaca por ser obediente, inteligente, e pela sua disposição em aprender e agradar o dono.

Seu lado trabalhador o torna uma boa escolha para a execução de trabalhos, como ser um cão de resgate ou um cão-guia – algo em que sua obediência ajuda. Uma vez que ele tem muita energia, o Golden Retriever precisa fazer exercícios constantemente. Como gosta de brincar, as brincadeiras podem ser a solução para isso.

O Golden Retriever aprecia e necessita uma companhia, por isso, tem um bom relacionamento com estranhos e outros animais, além de ser amigável com as crianças. Ele necessita banhos regulares, assim como ter as unhas cortadas a cada três semanas e os dentes escovados ao menos uma vez por semana.

Beagle

Dócil e brincalhão, o Beagle é um cão que conquista pelo seu semblante fofo, mas que apresenta um forte senso de independência e teimosia. Por isso, seu treinamento costuma ser um desafio, mas com a devida persistência, ele é capaz de seguir ordens.

Carinhoso, é uma ótima companhia para a família e tem facilidade para brincar com crianças pequenas. O mesmo pode ser dito em sua relação com estranhos, o que o torna não muito confiável como cão de guarda.

O proprietário do Beagle deve estar disposto a sempre fazer com que o cão pratique exercícios. Isso é reforçado porque, apesar de ser um cão resistente e saudável, ele tem certa tendência a desenvolver obesidade. Com a manutenção da saúde, o cão pode viver até 15 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *