Esporte & Aventura

De Buenos Aires a Madrid: as cidades que vivem a paixão pelo futebol

O ato de viajar e conhecer grandes palcos do esporte mais popular do mundo estão intimamente ligados

Tem sido cada vez mais comum que, durante uma viagem, o turista queira assistir futebol ou mesmo conhecer estádios históricos quando está conhecendo uma cidade.

Alguns locais podem ser considerados santuários para amantes do futebol, dada a relevância de jogadores que já desfilaram por alguns gramados mundo afora.

Abaixo, uma lista com oito cidades que reservam experiências futebolísticas para o amante do esporte mais popular do mundo.

Buenos Aires, Argentina

Capital da Argentina, a cidade com quase 3 milhões de habitantes tem dois dos principais times da América Latina: Boca Juniors e River Plate. Além disso, um dos passeios mais tradicionais é o tour em La Boca, bairro que hospeda La Bombonera, estádio do Boca, com capacidade para 52 mil espectadores. Outras grandes equipes do futebol argentino que estão em Buenos Aires são San Lorenzo, Racing e Independiente. Este último, aliás, é o maior campeão da Taça Libertadores, com sete títulos. O tour em La Bombonera custa 205 pesos (R$ 42 reais).

futebol
Bombonera, em Buenos Aires, é um dos estádios mais famosos do mundo. Foto: Long Jon

Madri, Espanha

A capital espanhola é reduto de um dos maiores clubes do mundo. Segundo dados da Brand Finance, consultoria especializada em estipular valores das marcas, divulgou em maio deste ano um estudo que mostra uma valorização de 26% no valor do clube merengue. O clube vale 1,6 bilhão de euros (cerca de R$ 7,5 bilhões). 

Por isso, conhecer a grandiosidade do Santiago Bernabéu, estádio merengue, tem se tornado um dos passeios favoritos de quem vai a Madri. O estádio, construído em 1947, tem capacidade para 81 mil pessoas. O bilhete adulto custa 25 euros (cerca de R$ 110).

Barcelona, Espanha

A cidade catalã, conhecida por suas belas praias e obras do artista plástico Antonio Gaudí, também é referência quando o assunto é futebol. Milhares de turistas viajam até Barcelona para ter a experiência de ver o argentino Lionel Messi de perto. Em outros tempos, o desejo dos aficionados estava na figura do brasileiro Ronaldinho Gaúcho, ex-camisa 10 do clube e escolhido por duas vezes o melhor jogador do mundo atuando pela equipe.

O tour pelo Camp Nou custa 31 euros (R$ 130) e mostra os bastidores de um dos clubes mais vitoriosos dos últimos anos. 

Milão, Itália

No norte da Itália, a cidade de Milão abriga dois gigantes europeus: o Milan e a Internazionale. Além disso, a capital da moda possui o estiloso estádio San Siro,que tem capacidade para quase 82 mil espectadores. 

Rio de Janeiro, Brasil

Uma lista que fale de futebol precisa ter o Rio de Janeiro entre as maiores cidades do mundo nesse aspecto. Palco de duas finais de Copa do Mundo, em 1950 e 2014, o Estádio do Maracanã já foi o maior palco do futebol mundial. Hoje, guarda as memórias e lances de jogadores como Pelé, Garrincha, Neymar, Ronaldo, entre outras estrelas do nosso país. Com capacidade para 78 mil pessoas, os quatro grandes clubes do Rio são: Botafogo, Flamengo, Fluminense e o Vasco da Gama.

São Paulo, Brasil

Maior cidade do Brasil, São Paulo tem quatro grandes clubes: Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos. Juntos, eles monopolizam as atenções e os títulos de boa parte dos campeonatos nacionais do país, entre Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. O novíssimo Allianz Parque, do Palmeiras, assim como a Arena Corinthians, não ficam atrás dos grandes estádios europeus. O tour no estádio palmeirense custa entre R$ 55 e R$ 70 reais. Na Arena Corinthians, os preços variam entre R$ 40 e R$ 60 reais.

Istambul, Turquia 

Com três grandes clubes – Fenerbahçe, Galatasaray e Besikitas – e torcedores apaixonados, o futebol em Istambul guarda semelhanças com o estilo praticado nos países da América Latina nos quesitos intensidade e devoção.

Fenerbahçe e Galatasaray, os dois clubes de maior sucesso na história do futebol turco, possuem uma das maiores rivalidades do mundo. Uma questão geopolítica também atravessa a história do duelo, já que o Fenerbahçe está no lado asiático do país, enquanto o Galatasaray no lado europeu.

Cidade do México, México

Para além das razões culturais e gastronômicas que tornam uma visita à Cidade do México destino obrigatório para qualquer amante da viagem, o futebol também é um atrativo.

Além dos três grandes clubes da cidade – América, Cruz Azul e Pumas – um dos estádios mais importantes do mundo está no méxico. Assim como o Maracanã, o Estádio Azteca, com capacidade para 87 mil pessoas também já recebeu duas finais de Copa do Mundo. Na primeira, a seleção brasileira, comandada por Pelé, Gérson, Rivelino e Carlos Alberto Torres, conquistou o mundial de 1970 vencendo a Itália na grande final, por 4 a 1.

Dezesseis anos depois, Diego Armando Maradona levou a Argentina ao segundo título de uma Copa do Mundo ao derrotar a Alemanha Ocidental, por 3 a 2. 

O Primeiro Shopping de Containers da Zona Sul Carioca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *