Negócios & Serviços

Chuvas em São Paulo: aéreas oferecem reembolso para passageiros

Por causa das chuvas em São Paulo, companhias aéreas estão oferecendo reembolso ou remarcando os voos saindo de aeroportos do estado.

chuvas em São Paulo

Algumas companhias aéreas estão oferecendo reembolso, sem custo adicional, ou remarcando os voos agendados para hoje saindo de aeroportos de São Paulo. A medida foi tomada por causa das fortes chuvas que atingem o Estado desde ontem e que provocaram caos no trânsito e no transporte público.

A Gol informou que está “prestando total assistência” e remarcando sem custo as passagens dos clientes que tiveram voos cancelados por conta das chuvas. A companhia informa que passageiros podem tirar dúvidas pelo site ou pelo telefone: 0300 115 2121.

A Azul informou que passageiros que tem voo partindo de Viracopos, Guarulhos ou Congonhas, podem optar por remarcar a viagem para hoje ou amanhã sem custo ou solicitar reembolso integral. A companhia pede que os clientes entrem em contato com a Central de Atendimento pelo telefone: (11) 4003-1118.

A Latam informou que flexibilizou as regras de alteração de viagem para os passageiros com voos programados nos aeroportos de Congonhas e Guarulhos. Os clientes que optarem pela alteração de seus voos podem efetuá-la por meio do site, pela Central de Vendas e Serviços (4002-5700 nas capitais ou 0300-570- 5700 nas demais localidades do Brasil) ou em uma loja da companhia.

A companhia oferece as seguintes alternativas aos passageiros impactados pelas chuvas em São Paulo: Os passageiros da companhia com voos cancelados ou reprogramados podem adotar uma das seguintes opções:

  • Alterar a data do voo sem cobrança de multa e diferença tarifária para nova data dentro da vigência do bilhete.
  • Alterar origem/destino do voo sem cobrança de multa, mas sujeito à diferença tarifária e para período dentro da vigência do bilhete.
  • Solicitar o reembolso do bilhete sem cobrança de multa.

Os passageiros que não tiveram voos cancelados ou reprogramados podem adotar uma das seguintes opções:

  • Alterar a data do voo sem cobrança de multa e diferença tarifária para voo até 15 dias após a data do voo original.
  • Alterar origem/destino do voo sem cobrança de multa, mas sujeito à diferença tarifária e para período dentro da vigência do bilhete.
  • Solicitar o reembolso do bilhete sem cobrança de multa.

A Latam informou que segue avaliando a evolução da situação na cidade de São Paulo e recomenda que os clientes se programem para chegar mais cedo aos aeroportos. A companhia recomenda chegada com antecedência de 2 horas no caso de voos domésticos e de 4 horas para voos internacionais.

O Primeiro Shopping de Containers da Zona Sul Carioca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *