Dicas & Destinos

Não descuide das crianças no verão!

 

Recebemos diariamente muitas sugestões de matérias e algumas possuem uma relevância tão grande que é impossível não publicarmos mesmo que elas fiquem um pouco grandes como no caso da matéria abaixo. Sou mãe e sei bem como é importante termos certos cuidados com a saúde de nossos filhotes e o verão é uma destas épocas que merecem todo um cuidado super especial. Ao ler as dicas do Pediatra Vanderlei Wilson Szauter eu não hesitei em correr para publicar esta matéria o quanto antes, já que estamos entrando em período de férias e consequente super exposição ao sol. Fiquem atentos às dicas. Como mãe, posso afirmar que nenhum cuidado é excessivo.

Saiba mais sobre os cuidados necessários com as crianças no verão

 

 

A estação mais quente do ano chegou junto com as férias escolares e passeios em família. É possível aproveitar os dias ensolarados na piscina, viajar para praia, sem abrir mão dos cuidados com a saúde dos pequenos. Para ajudar os pais nessa tarefa, o pediatra do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Dr. Vanderlei Wilson Szauter, dá dicas essenciais para que o verão em família seja sinônimo de férias memoráveis.

Segundo o profissional, a alimentação deve ser a mais natural possível, preferencialmente não industrializada, devido ao processo de preparação, conservação e refrigeração, muitas vezes desconhecido. “Os alimentos eleitos para essa época do ano são os mais frescos possíveis, frutas como melancia, melão, abacaxi, manga, laranja, uva, pera e kiwi são uma boa pedida por terem alto teor líquido e vitaminas. Frituras devem ser evitadas e sorvetes de palito são muito bem vindos (as crianças amarão esta parte), pois são refrescantes e hidratam” recomenda o pediatra.

 

Mini Blogueiro também se cuida

 

O Dr. Vanderlei também esclarece quanto à importância de consumir líquidos, “A hidratação principalmente para as crianças pequenas é muito importante. Os pais devem oferecer água e sucos durante todo o dia, principalmente quando estiverem ao sol”, orienta o médico. Segundo ele, não existe uma quantidade exata de líquidos a serem consumidos por crianças, o importante é que seja oferecido durante todo o dia. Quanto mais jovem for à criança, maior o cuidado com a ingestão de líquidos os pais devem ter, “Chás frios, água de coco e até mesmo refrigerantes podem fazer parte do volume total ingerido no dia. O importante é não esperar que a criança peça água, pois quando ela sente sede já pode estar desidratada”, explica o pediatra do Hospital São Cristóvão.


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!? Clique neste link para encontrar os melhores preços.  ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.


 

 

Ao contrário do que muitos pensam doces, desde que não sejam em exagero, podem ser uma boa fonte de energia para as crianças, pois eles alimentam e repõem as energias. Para o pediatra, os salgadinhos devem ser evitados ao máximo, “Eles não tem nenhum valor nutritivo, além de apresentarem uma alta quantidade de sal e conservantes. Pipocas em casa, feitas com pouco óleo e sal, são uma boa saída para evitar o consumo de salgados processados” comenta Dr. Szauter.

É importante ressaltar que a exposição solar saudável deve ser até às 10 horas da manhã e depois das 17 horas, sempre com filtro solar, que deve ser reaplicado a cada 2 horas. “Os pais devem lembrar que recém-nascidos precisam de cuidados especiais e não devem ficar expostos ao sol mais do que 5 minutos, antes das 10 horas da manhã”, orienta o pediatra.

Nesta estação é natural que o clima seja favorável a atividades ao ar livre e brinquedos como bicicletas, patins, skates entre outros são muito utilizados. Para evitar que acidentes aconteçam, é importante que sempre haja um adulto que supervisione as brincadeiras, o que além de ser um cuidado, estreita os laços entre pais e filhos.

 

 

O pediatra faz o mesmo alerta quando se trata do acesso infantil ao mar e piscinas, “Quando se trata de crianças, todo cuidado é pouco, elas nunca devem ficar sozinhas e sem boias compatíveis com o respectivo peso e idade”. Também é preciso cuidar dos olhos, pois eles podem ficar irritados com o contato da areia, sal e do cloro das piscinas, “Em casos de vermelhidão, os olhos devem ser lavados com frequência com água fervida fria ou filtrada. Se a irritação persistir ou a criança se queixar de dores, os pais devem procurar um profissional para que examine e trate adequadamente”. Quanto aos ouvidos, podem ser tamponados com algodão embebido levemente em óleo para evitar que entre água, “caso entre água e a criança se queixe de dor, ela deve ser examinada por um otorrino o quanto antes, dor de ouvido é uma das piores dores e pode aumentar a intensidade em um curto espaço de tempo”.

Quanto à picada de insetos é importante passar no local algum anti-puriginoso e para que as unhas não contaminem ao coçar é importante mantê-las curtas e limpas, “É válido ressaltar que os pais devem saber se seus filhos são alérgicos, pois em alguns casos a criança pode ter um choque anafilático, uma reação alérgica de hipersensibilidade imediata ao veneno de insetos. Nesses casos, dependendo da intensidade da alergia e se necessário, um antialérgico pode ser administrado, e o repelente não pode ser esquecido”.

Um ponto que vale a pena ser ressaltado é o cansaço que os pequenos apresentam no final do dia, “A fadiga por brincar muito é real e deve ser cuidada, os pais não devem forçar a alimentação. Eles podem oferecer líquidos, vitaminas, lanches leves e um banho preferencialmente de banheira (imersão) para os músculos relaxarem” finaliza o profissional.

Vou acrescentar também umas dicas que considero importantes quando tratamos com crianças, principalmente as pequenas:

– Muita atenção á limpeza do ambiente. Como no verão a tendência é de ar mais seco, é muito comum que a poeira caseira se espalhe mais e fique um pouco mais forte.

– Preste sempre atenção se seu pequeno irá apresentar algum processo alérgico com relação a poeira, pelo de animais domésticos ou até mesmo algumas plantas que possuímos em casa e que no verão podem causar algum incômodo.

– Cuidado especial ao filtro do ar condicionado e às pás dos ventiladores, tão utilizados nesta época.

– Você tem tapetes em casa? Se puder, nesta época é mais prudente guardá-los  já que são acumuladores potenciais de poeira.

– Atenção também à umidade do ar. Se você mora em áreas muito quentes e secas, compre um umidificador de ambiente e sempre que possível, deixe no ambiente onde o filhote passe mais tempo. Será uma baita ajuda.

É claro que existem um monte de outras dicas e orientações úteis para nossos pequenos, se você tiver alguma e quiser compartilhar conosco, serão muito bem-vindas, afinal quando tratamos de crianças, cuidado nunca é pouco.

Dicas do Mini Blogueiro – Criança também sabe o que quer

Criança também sabe o que quer

– No verão eu bebo muito suco de uva, suco de manga, maracujá e água de coco .

– Antes de ir para a piscina ou para a praia, minha mãe passa muito protetor solar em mim. Eu reclamo um pouco por que quero logo entrar na água, mas sei que é importante pra não ficar ardendo depois.

– Claro que gosto de batata frita e macarrão com salsicha, mas também como coisas mais leves como um bom peixinho, banana com mel e outras coisas

– No verão eu adoro passear na Lagoa, em parques abertos e ir para a praia.

Sempre pergunte ao seu filho sobre o que ele gosta de beber, comer e fazer. Isso ajuda muito para a família decidir o melhor. Criança também tem que ser ouvida.

RESOLVA TUDO PARA A SUA VIAGEM AQUI 


  Seguros Promo

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se agora no nosso canal e confira muitas dicas!!! Acesse youtube.com/user/embarquenaviagem?sub_confirmation=1, inscreva-se, e tenha muito mais conteúdo útil para sua próxima viagem!

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *