Negócios & Serviços

Cuidados com a saúde incrementam o turismo no Brasil

Por Tatiana Alarcon/Agência de notícias do turismo.

A prevenção de doenças e a promoção do bem-estar despontam como uma tendência para o desenvolvimento das atividades turísticas no país.

O sonho da professora universitária Silvia Frantz é engravidar. Gaúcha da cidade de Ijuí (RS), Silvia recebeu o diagnóstico de endometriose há dois anos. Para realizar o sonho de ser mãe, está se submetendo a uma série de exames e tratamentos que não são oferecidos na cidade onde mora. Silvia foi buscar ajuda em uma clínica especializada na capital do estado, a 480 Km quilômetros de onde mora. A cada três meses, lá está ela, em Porto Alegre. “Aproveito a oportunidade para conhecer um pouco da cidade”, disse.

Assim como a professora de Ijuí, um número cada vez maior de turistas se movimenta pelo país em busca de intervenções médicas e terapêuticas para promover o próprio bem-estar. Dados do Ministério do Turismo mostram que 10,5 mil viagens são feitas pelo país por brasileiros motivadas por esse fim – e cerca de 31 mil turistas internacionais desembarcam no Brasil para tratar da saúde.

Entre as vantagens competitivas do turismo de saúde no Brasil estão a medicina, a tecnologia de ponta e os custos mais baixos que em outros países, além dos próprios atrativos do país, como as belezas naturais e a variedade cultural. As áreas mais requisitadas pelos estrangeiros no país são: cardiologia, oftalmologia, oncologia, odontologia, cirurgia bariátrica e cirurgia plástica, de acordo com cartilha feita pelo Ministério do Turismo, com dados do Ministério da Saúde e da Embratur.

yoga

O turismo de saúde é uma alternativa para a sazonalidade no Brasil. “A promoção dessas viagens acontece em épocas de baixa temporada e, apesar de ser um ramo específico, o turismo de saúde é um segmento que contribui para movimentar a economia, em especial a do turismo”, diz José Francisco Salles Lopes, diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo.

Outra vertente do turismo de saúde é o turismo de bem-estar, ou seja, as viagens motivadas pela procura de tratamentos que visam a prevenção de doenças e a busca por uma vida saudável e equilibrada. Entre eles, spas, hotéis de lazer, resorts, balneários, estâncias hidrotermais e centros terapêuticos holísticos.

Com essa proposta, a dentista Juliana Mingossi e o marido, o empresário Marco Mingossi, participaram, em março deste ano, de um cruzeiro marítimo que oferece atividades esportivas e de bem-estar, como dança e yoga. A ideia era comemorar os 20 anos de casamento e aproveitar a diversão com uma alimentação saudável e atividades físicas. “O exercício, para mim, é uma terapia, um momento para me desligar dos problemas”, disse.

O professor de educação física Jorge Brito, que dá aula em cruzeiros, afirma que ao associar a viagem aos exercícios físicos traz benefícios para o corpo e para a mente. Jorge desenvolveu uma modalidade chamada Ropefit (treinamento funcional com corda). “As pessoas buscam esse tipo de viagem para sair da rotina e se divertir. O importante é se movimentar, promover saúde e ser feliz”, diz Jorginho, como é conhecido pelos alunos.

O Primeiro Shopping de Containers da Zona Sul Carioca

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *