Dicas & Destinos

Destino: Jordânia – berço dos mais antigos povoados e aldeias

A Jordânia é um país repleto de história e berço dos mais antigos povoados e aldeias. Ainda hoje podem ser vistos os vestígios de muitas das grandes civilizações mundiais.

pacote-jordania-classico-viajar-turismo-operadora-02

A Jordânia é um país localizado no Oriente Médio. Seu território faz fronteira com a Síria, Iraque e com a Arábia Saudita, além de possuir uma pequena costa voltada para o Golfo de Aqaba. O país é formado por pessoas hospitaleiras, paisagens antigas em contraste com as modernas e está cheio de história para contar.

O país é um destino ideal para todos aqueles que procuram o conhecimento cultural e o enriquecimento espiritual. A Jordânia dá valor à diversidade étnica e religiosa da sua população, garantindo, consequentemente, os direitos culturais aos seus cidadãos. Este espírito de tolerância e de valorização é um dos elementos centrais que contribuem para o clima cultural estável e pacífico que prospera na Jordânia.

Com localização estratégica, a Jordânia faz conexão entre Ásia, África e Europa. Por isso, desde o início da civilização, a geografia da Jordânia desempenhou um papel vital no comércio e nas comunicações, ligando o ocidente ao oriente, o norte ao sul. Ainda hoje é desempenhado este papel.

Amã é a capital e maior cidade da Jordânia, com cerca de dois milhões de habitantes. A cidade é o centro de decisões políticas, culturais e comerciais do país. Foi uma das cidades antigas mais habitadas do Antigo Oriente e, em numa escavação em 1994, foram descobertas pequenas casas e torres que poderiam ter sido construídas durante a idade de pedra, cerca de 7000 a.C. A localização e a altitude de Amã têm um efeito profundo sobre o seu clima. Há invernos rigorosos e longos, verões muito quentes e com oscilação frequente de temperatura. Estradas bem sinalizadas permitem que o visitante faça de Amã o ponto de base ideal para conhecer os pontos turísticos do Vale do Jordão, desde o Mar Morto, passando pela espetacular Petra, e chegando às margens do Mar Vermelho. Na capital, não deixe de conhecer a Mesquita El-Malek Abdullah, que, com seu domo azul turquesa, é a principal da cidade. Visite também o Anfiteatro Romano, erguido no ano 170 d.C. o Museu Arqueológico e as ruínas de uma igreja bizantina do século 6.


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!? Clique neste link para encontrar os melhores preços.  ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.


Petra, o principal cartão-postal da Jordânia está localizado a cerca de 3 horas e meia da capital. Conhecida como  “cidade rosa”, Petra foi fundada por volta de 312 a.C. pelo povo dos nabateus, uma tribo nômade árabe.

Em Wadi Rum, deserto ao sul da Jordânia que foi uma das locações do clássico filme Lawrence da Arábia (1962), você terá muitas atividades interessantes para fazer. Comece embarcando em um veículo 4×4 para apreciar a paisagem, que é basicamente composta de rochas verticais que se erguem do chão, dunas, silêncio e uma verdadeira imensidão de areia. Os beduínos são um povo muito hospitaleiro. Aliás, são os próprios beduínos que tocam o turismo por ali e servem de guias para contar histórias, apontar os melhores lugares para tirar fotos e conduzir os turistas aos melhores lugares para apreciar o pôr-do-sol. Há ainda a possibilidade de passar uma noite num acampamento típico e desfrutar de alguns momentos da cultura e da tradição do lugar através da comida, da dança, dos doces árabes e do famoso café com cardamomo. Passeios em camelo e incríveis voos em balão também são atrações do lugar.

Se você ficou curioso e quer incluir este trecho na sua viagem, nem ouse fazes isso sozinho. Apesar de ser possível, a recomendação é embarcar em um passeio organizado por operadoras de confiança.

Confira algumas particularidades de cidades para visitar na Jordânia

 Amã  Ma’in Aguas Termais
 Umm Qays  Iraq Al-Amir
 Do Mar Morto  Pella
 Karak  Petra
 Wadi Rum  Aqaba
 Jerash  Ajlun
 Irbid  As-Salt
 Madaba  Betânia do Além Jordão
 Reserva Biosfera de Dana  Umm Ar-Rasas
 Umm Al-Jimal  Azraq e Shawmari
 Castelos Do Deserto

Costumes locais

Confira algumas dicas para você não ficar em maus lençóis durante sua viagem:

O que deve fazer
Apertar a mão ao cumprimentar as pessoas. As mulheres conservadoras de véu poderão não estender a mão.
Levantar-se para cumprimentar as outras pessoas.
Quando terminar a sua chávena de café árabe, abane-a de um lado para o outro, para dar a entender ao anfitrião que não quer beber mais. Se quiser mais café, basta esticar a chávena à pessoa que tem a cafeteira.
Aceite o café árabe quando o anfitrião lhe oferecer, dado que o café é um importante símbolo cultural de hospitalidade, é visto como um ato de boa vontade recíproca.
Leve com você muito dinheiro trocado, uma vez que os jordanos não costumam ter troco certo.
Dê uma gorjeta aos empregados no valor aproximado de 10% sobre o montante da conta (a não ser que a taxa de serviço esteja incluída no total da conta).
Arredonde a tarifa de táxi para cima, para a casa das dezenas mais próxima, quando pagar ao taxista.
SEMPRE negocie com os comerciantes quando for às compras.
Vista-se de forma conservadora quando explorar zonas públicas da Jordânia.
Você pode consumir bebidas alcoólicas, mas não em áreas públicas.

O que não deve fazer

Não interrompa, nem passe à frente de um muçulmano que possa estar rezando num local público.
Não consuma publicamente, alimentos, bebidas ou cigarros em locais públicos durante o mês sagrado do Ramadão.
Não se vista de forma provocativa quando for passear.
Não entre em pânico se um conhecido o “beliscar” nas bochechas quando o cumprimentar, pois os árabes têm a tradição de beijar ambas as faces como sinal de boas vindas e afeto.
Não se sinta pouco à vontade pelo fato de o seu anfitrião insistir em “superalimentá-lo” durante uma refeição, dado que os árabes vêem a comida como símbolo de hospitalidade, generosidade e boa vontade – quanto mais melhor!
Não se sinta obrigado a dar uma gorjeta ao taxista, pois nesta situação a gorjeta não é necessária, mas certamente bem vinda.

Jeresh6

Melhor período para visitar Jordânia

Programando sua compra de passagens?  Então saiba que os melhores meses para visitas são abril, maio, setembro e outubro. Durante esses meses, você encontra o clima mais agradável do ano, fugindo das rigorosas temperaturas do verão e do inverno.

Alta temporada

A alta temporada é composta por dois períodos: de março a maio e de setembro à metade de janeiro. Nesses meses, há muita procura por voos para a Jordânia, o que eleva consideravelmente as tarifas – para passagem aéreas com desconto e hotéis mais baratos, faça as reservas com pelo menos dois meses de antecedência. Aproveite a época de clima agradável para conhecer os pontos turísticos da capital Amã ao ar livre, como o Anfiteatro Romano e a famosa Citadela (ou Templo de Hércules), de onde é possível apreciar uma vista privilegiada da cidade.

Temporada intermediária

Entre a metade de janeiro e o final de fevereiro ocorre a temporada intermediária. Essa é uma estação fria em algumas cidades como a capital Amã, com mínimas podendo chegar aos 3 °C. Mas em outras cidades como Aqaba, por exemplo, a temperatura é um pouco mais elevada, variando entre 10 °C e 20 °C.

Baixa temporada

A baixa temporada compreende o período entre junho e agosto. Naturalmente, é quando você encontra mais ofertas de passagens aéreas para a Jordânia em promoção. Várias empresas servem o trecho Brasil – Jordânia, mas não há voos diretos. Para chegar até lá, é necessário fazer escala na Europa ou em outros países do Oriente Médio. O principal aeroporto do país é o Aeroporto Internacional de Amman (AMM), localizado em Amã.

Brasileiros precisam tirar visto para entrar no país, além de ter o passaporte com prazo de validade superior a seis meses.

Dicas

Se você curte dirigir nas suas viagens, saiba que é possível atravessar a Jordânia de carro, de norte a sul, em apenas seis horas.

A gastronomia da Jordânia é bem interessante, não deixe de apreciar ao máximo suas delícias.

  • Árabe
  • Dinar jordaniano
  • É necessário.
  • Nenhuma vacina é obrigatória, mas recomendam-se vacinas preventivas de hepatite, poliomielite, tétano e febre tifóide

Colonnaded Street

RESOLVA TUDO PARA A SUA VIAGEM AQUI 


  Seguros Promo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *