Dicas & Destinos

Teresópolis – o charme da Região Serrana

Temos todo o tempo do mundo… Renato Russo já cantava isso há tempos e era essa a sensação que eu sempre tinha quando chegava a Terê. Desde muito nova eu frequento a Região Serrana do Rio de Janeiro e fiz dela meu quintal de fim de semana. O tempo foi passando, a vida adulta chegando, os compromissos, a danada da falta de tempo e pronto, um hiato passou a existir entre minha vida cotidiana e meu amado quintal de fim de semana. Recentemente meu coração se encheu de alegria ao retornar a minha amada Terê, é assim que os mais apaixonados chamam a linda cidade de Teresópolis.

Estar de volta a Teresópolis já seria bom pela própria viagem, pela possibilidade de estar em contato com aquela natureza abundante, por estar rodeada de história, por me deliciar com a espetacular gastronomia da região e por trocar sorrisos com pessoas tão lindas, tão inspiradoras, mas essa viagem foi muito mais. O convite dessa vez foi ainda mais especial e partiu do querido Fábio Lima, do Blog Intrip, que teve a excelente ideia de reunir vários amigos bloggers para apresentar uma Terê mais peculiar, aquela que passa por pontos turísticos interessantes, obviamente, mas também aquela que trabalha a consciência ecológica dentro de nós, com palestra de Isabela, Analista Ambiental do Parnaso, que entre tantas outras coisas, é zoóloga de formação e uma defensora incondicional do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Na programação também rolou um papo inspirador com Marianna Serra, uma pessoa que me tocou profundamente com seu amor ao próximo. Marianna é uma das 30 jovens mais promissoras do Brasil, segundo a Revista Forbes e, na Volunteer Vacations ela proporciona algo muito maior que simples viagens. Ela desenvolve um lindo trabalho onde os viajantes podem oferecer ajuda humanitária durante suas viagens. Vale dar uma conferida no excelente trabalho realizado pela sua equipe e quem sabe embarcar numa viagem pra lá de especial.

Durante o Encontro Intrip Teresópolis, Fábio Lima fez também o lançamento oficial de sua operadora voltada para o Turismo de Experiências, a The Exp, que vai oferecer opções totalmente diferenciadas para o turismo na região.

Abaixo vou descrever um pouco algumas opções de passeios que fiz na cidade e também algumas indicações que, por pura falta de tempo, não pude visitar.

Mirante do Soberbo

Que tal reunir, na mesma paisagem, o pico Dedo de Deus com seus1.692 metros, a baía de Guanabara e a cidade de Niterói? O visual encantador é descortinado no mirante do Soberbo, no trevo de acesso à Teresópolis. Lá você vai encontrar um recuo na pista para estacionar o carro e contemplar a vista. O Mirante do Soberbo é também conhecido como Mirante da Vista Soberba, tem esse nome atribuído á Capela de Nossa Senhora da Conceição do Soberbo. Junto ao mirante encontra-se o Terminal Turístico Tancredo Neves, a Praça “Senta a Pua”, feita em homenagem aos combatentes brasileiros que partiram de Teresópolis para a Segunda Guerra Mundial, e o monumento a Dona Teresa Cristina, Imperatriz do Brasil.

Parque Nacional da Serra dos Órgãos

O Parque foi criado em 1939 e possui uma vasta área territorial com mais 20 mil hectares que compreende os municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim.

Além das paisagens deslumbrantes, o Parnaso possui muitas opções de lazer como piscinas naturais, cachoeiras, trilhas, abrigos de montanha, camping, centros de visitantes e áreas para piquenique. Durante nossa visita, tivemos a oportunidade de fazer uma trilha super leve, possível até mesmo para crianças pequenas, que leva ao Poço Dois Irmãos. Com águas limpinhas e bem tranquilas, o lugar é perfeito para aquele banho refrescante. Quer dizer, refrescante em dias quentes, porque em dias frios como este que visitamos, só mesmo para os mais ousados como o blogger Gabriel Behael, que no alto de seus 13 anos, repleto de coragem representou todos nós dando um mergulho.

No Parnaso também é possível realizar outras trilhas incríveis, que por pura falta de tempo, não tivemos como curtir. Entre as principais eu destaco a Trilha Cartão Postal, com dificuldade moderada, a Trilha Pedra do Sino que é para os mais fortes, já que a dificuldade é bem maior, a Trilha Castelos do Açú, que também tem uma pegada mais pesadinha e a famosa Travessia Petrópolis-Teresópolis que exige um super preparo físico e um tempo maior, já que são percorridos 42km, totalizando três dias de caminhada.

Como o parque se divide em vários municípios, você pode optar por conhecê-lo a partir de uma das três sedes localizadas nos municípios de Teresópolis, Guapimirim e Petrópolis. Em Teresópolis, a apenas 90 Km do centro do Rio de Janeiro, está localizada a sede principal, onde os visitantes contam com uma ampla infraestrutura que conhecemos nesta viagem. A sede conta inclusive com um ótimo centro de apoio aos visitantes, onde é possível encontrar muitas informações sobre a flora e fauna local.

Granja Comary

Obviamente que Terê possui outros encantos para curtir fora do Parque, entre eles está a famosa Granja Comary. Famosa por abrigar o centro de treinamento da CBF, onde os jogadores da Seleção Brasileira de Futebol (masculina e feminina) realizam seus treinamentos e pré-temporadas. Mas obviamente muitos vão até lá e não curtem tanto futebol, como é o meu caso, então, para pessoas como eu, existe por lá um belo lago artificial, repleto de patos e gansos, de onde podemos avistar os picos da Serra dos Órgãos.

Na história de Teresópolis, a Granja Comary surgiu por iniciativa do empresário Carlos Guinle, que queria transformar parte da mata nativa em uma fazenda-modelo. Mais tarde, a área foi loteada e se transformou em um condomínio residencial, criando um bairro cujo nome homenageia o idealizador da fazenda-modelo, um participante ativo da história e do desenvolvimento de Teresópolis. Vale uma visita rápida.

Sobrado Histórico José Francisco Lippi

Esse foi um dos lugares mais encantadores que eu conheci nas minhas mais recentes viagens. Não espere encontrar um museu todo engessado, com monitores te observando de cara feia, nada disso. Na verdade você vai encontrar um casal fofo, a Dona Regina e o Sr. José, que irão te receber, ainda na escada do Sobrado, com um lindo sorriso e muita simpatia e conhecimento para compartilhar.

Herdada do avô de José Luiz Lippi Leite, em 1990, a sede da fazenda Nossa Senhora da Conceição se transformou em um Museu que abriga parte importante da história de Teresópolis.

O Sobrado conta a trajetória da família do imigrante italiano José Francisco Lippi com importante material fotográfico, documental, além de móveis e objetos originais do fim do século 19 que contam também parte da História de Teresópolis, e o início do vilarejo Venda Nova. Um passeio bem legal na região para conhecer um pouco mais da cidade de Teresópolis.

Do lado de fora, você encontra uma extensa área verde com árvores frutíferas e até uma Palmeira Imperial, além de pequenos cantinhos ideais para fazer um piquenique.

A dona Regina abre as portas do Sobrado para visitação aos sábados, domingos e feriados, das 13:30 às 17:30 hs. Para os demais dias é preciso agendar.

O Sobrado Histórico José Francisco Lippi fica bem na beirinha da Estrada Teresópolis-Friburgo, no km 15, super fácil de encontrar.

Outros lugares interessantes para conhecer em Teresópolis

Feirinha do Alto de Teresópolis

A Feirarte (Feira de Artesanato de Teresópolis) também conhecida como Feirinha do Alto, existe desde 1983 e reúne artesãos de diversos ramos artísticos em mais de 700 barracas.

O destaque são para as peças de vestuário, vendidas em grande variedade e preços convidativos. Possui praça de alimentação e eventos artísticos. Ela fica localizada na Praça Higino da Silveira, no Bairro do Alto e funciona aos sábados, domingos e feriados.

Palácio Teresa Cristina

O Palácio Teresa Cristina é a sede da prefeitura da cidade de Teresópolis. O edifício, em estilo neocolonial foi inaugurado em 1927 e na década de 1960, passou a ser denominado Teresa Cristina em homenagem à Imperatriz que deu nome à cidade.

Palacete Granado

Foi erguido para residência do Sr. José Antônio Coxito Granado, imigrante português, que fundou e dirigiu, no Rio de Janeiro a Drogaria Granado, além do primeiro laboratório de análises da cidade.

No princípio do século XX, o comendador José Granado descobriu a cidade de Teresópolis, onde transformou uma imensa área em chácara-modelo, desenvolvendo a floricultura, pomicultura, especialmente os vinhedos e as plantas medicinais. Nesta propriedade foi construído o Palacete em 1913.

Após o falecimento do comendador, em 1935, passou a funcionar em sua antiga residência o Colégio Teresa Cristina, no período de 1940 a 1976 e hoje, o Palacete serve de sede cultural do SESC.

Vila St. Gallen

Ponto de encontro de moradores e turistas, a Vila St. Gallen reproduz a pequena cidade homônima localizada na Suíça alemã. Na vila estão uma cervejaria e restaurantes com comida típica da Suiça e shows de música. Lá fica também o Biergarten, um agradável espaço com café, bar com mesinhas no jardim ao ar livre, pátio com capela, chafariz, loja de suvenires e delicatessen. A vila tem entrada gratuita. Nos fins de semana, o Bier Tour leva os turistas para uma visita guiada pela microcervejaria – o programa dura cerca de uma hora e inclui degustação. Uma boa pedida!!

Onde se hospedar

Em Teresópolis existem diversas opções de hospedagem que se adéquam ao perfil e bolso de cada viajante. Porém, na minha passagem pela cidade fiquei hospedada na aconchegante Pousada Terê Parque, coladinha no Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Confira aqui a minha dica desta ótima opção de hospedagem.

Onde comer

Que a gastronomia da serra é o ponto alto, todos nós sabemos, mas poucos sabem que existem restaurantes muito diferenciados na região, além daqueles típicos para receber o turista.

Durante o período que estive pela cidade, conheci três que seguem cozinhas bem distintas, com pegadas muito particulares .

Don Phillipe Gastronomia

A cozinha italiana está intimamente ligada a serra, obviamente, e o restaurante Don Phillipe é um belíssimo representante em Teresópolis. No melhor e mais fiel estilo Trattoria, a proposta é oferecer pratos saborosos, onde são utilizados ingredientes selecionados, de alta qualidade, com legumes e verduras frescas e temperos especiais. O Chef Luiz Phillipe tem como carro chefe no seu cardápio uma massa feita na casa, assim como todas as outras,  que leva o molho especial de Grana Padano. No preparo, o queijo é maçaricado com um blend especial, resultando em um cremoso molho consistente repleto de sabor. A casa possui também outras opções especiais como as pizzas artesanais que eu provei e adorei a crocância das massas e o sabor acentuado de seus recheios.

Varietá Grill

A proposta aqui é oferecer de tudo um pouco. O nome Varietá não é figura de linguagem. No restaurante ao estilo bufê, opões são oferecidas para diversos paladares. A casa oferece, saladas, pratos frios, sopas, pratos quentes, churrasco e até mesmo comida japonesa. Além de boas opções de sobremesas.

O Varietá Grill é bem localizado, no centro da cidade, perfeito para famílias e grupos grandes que se acomodam com conforto no amplo salão. É como eu disse: a proposta aqui é comer de tudo um pouco, não espere encontrar aqueles típicos restaurantes aconchegantes de serra. A qualidade dos pratos servidos é boa, mas o restaurante não se propõe a fazer um trabalho diferenciado, de altíssimo padrão com uma pegada mais intimista.

Paradise Garage Special Pub

Esse foi sem dúvida alguma a maior surpresa gastronômica que tive na minha viagem. Imagine um espaço que une uma oficina de criação e restauração de automóveis Volkswagen e um pub super diferentão na serra. Imaginou? Agora junte a isso um ambiente cheio de energia onde a música toma conta em algumas noites da semana. Se isso já não fosse suficiente, um cardápio enxuto e muito interessante foi elaborado por um chef que já passou por conceituadas cozinha cariocas, proporcionando assim uma bela experiência gastronômica nesse misto de pub, garagem e casa de show moderninho/retrô em plena Região Serrana. Sem exageros, uma excelente opção de gastronomia de alta qualidade, sem muita firula em Teresópolis.

Encontro Intrip

Organização: Fábio Lima (INTRIP)
Convidados: Diana Schrock (Histórias da Di), Cris Stilben (Cris Pelo Mundo), Rafael Miranda(Para Viagem), Zelinda Aêreas (Em Cantos Fotográficos), Denise Tonin (Viajante Solo), Gabi Pizzato (Devaneios de Biela), Roberta Martins (Territórios), Gardenia Rogatto (Gardens) (Não Pira, desopila), Carol Moreno (Mochilão Trips),Mauricio Oliveira(Trilhas & Aventuras), Fabio Pastorello (Viagens Cine),Lily e Julio (Apaixonados por Viagens), Naira e Eduardo (Embarque na Viagem), Dhebora e Rafael (Carioca Sem Fronteiras),Thais Costa (Viagem em cena) e Gilson Fumaça (Favela Scene).

PLANEJE A SUA VIAGEM COMPLETA AQUI


♦ HOSPEDAGEM: Booking | Hoteis.com | Trivago | Hostelsclub

Airbnb - Ganhe R$100 de desconto


♦ SEGUROS DE VIAGEMSeguros Promo  | Sulamérica Seguros


♦ CASAS DE CÂMBIO: Melhor Câmbio ♦ CARTÃO DE CRÉDITO INTERNACIONAL: ZenCard (pré-pago)


♦ INGRESSOS INTERNACIONAIS PARA ESPORTES E SHOWSSports Events 365


♦ PASSAGEM AÉREA: ConectaVoos | Tam | Avianca | Azul | Gol | Decolar | Voopter | Maxmilhas


  ♦ TICKETS DE TREM: Rail Europe ♦ PASSAGEM DE ÔNIBUS: ClickBus ♦ ALUGUEL DE CARRO: Rentcars


♦ PACOTES DE VIAGEM: Hotel Urbano | CVCTOURS, PASSEIOS E EXCURSÕES: Viator | Ticketbar

3 Comentários

  1. 7 de junho de 2017 ás 15:47 Responder
    Carol Moreno

    Ficou muito legal o post, Nai! Parabéns!

    • 7 de junho de 2017 ás 17:49
      Redação

      Êêêê!! Que bom que gostou!! É muito amor por Terê!!

  2. 20 de junho de 2017 ás 15:21 Responder
    Fabio Lima

    Muito bom Naira! Obrigado pela su presença no Evento, ficamos muito felizes de receber vcs por la….não demorem a voltar, e conte com as dicas do INTRIP e com a ajuda da THE EXP sempre que precisarem! ;-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *