Esporte & Aventura

Pichilemu: O Paraíso dos Surfistas no Chile

Viagem e gastronomia, convenhamos, um encontro dos deuses! A gente já contou aqui uns segredos de Santiago. Já falamos também do Valle de Colchagua e sobre alguns restaurantes como o El Huaso Enrique, o El Hoyo, que desde 1912 servindo comida típica chilena, e projetos de alta gastronomia que acontecem na capital do Chile. Mas hoje escrevo para os amantes de sol e praia que procuram uma atração mais agitada no Chile e fora de Santiago. O balneário de Pichilemu é um dos melhores do país para a prática de surf.

Pichilemu

Pichilemu é uma cidade de grandes praias de areia escura, banhada pelo oceano Pacífico. As praias Infiernillo, Punta de Lobos e La Puntilla são as preferidas para quem desfruta do surf e de outras práticas aquáticas e eu tive a sorte de cair na água da praia de Punta de Lobos, uma praia de ondas fortes e água extremamente gelada no melhor pico de surf do Chile, e me arrisquei a pegar umas ondas com o Reinaldo Chacha Ibarra. O cara só é duas vezes campeão chileno 1998-2004, foi campeão de ondas gigantes em 2008 e representante chileno no Pan Brasil, Equador e Argentina entre 1997 e 2010. Chacha Ibarra é instrutor de Surf no hotel Alaia que fica bem em frente à praia de Punta Lobos.

Pichilemu

Me hospedei no Hotel Alaia que têm em seu projeto boa parte da estrutura construída com madeira de demolição, e muitas delas retiradas dos escombros do terremoto de 2010, e ambientes rústicos, possui 12 quartos espaçosos e confortáveis, todos com vista para o mar e pode ser curtido do jeito que bem quiser. Surfar, aproveitar o sol na praia, andar de skate, desfrutar da parede de escaladas, passeios de bicicleta , SUP (stand up paddle), caminhadas, passeios a cavalo ou simplesmente ficar relaxando em um dos ofurôs com uma água na temperatura de 30ºc e um vento frio no rosto (os ofurôs são externos e bem pertinho da praia). O hotel é hub para as competições que acontecem na Praia de Punta de Lobos e geralmente abriga boa parte dos competidores internacionais.


Publicidade Ⓘ

Seguro viagem com até 15% de desconto!!! Se está planejando uma viagem não esqueça de contratar um seguro!? Clique neste link para encontrar os melhores preços.  ✔ Use o cupom EMBARQUEVIAGEM10 e ganhe 10% de desconto, e para chegar a 15%, faça o pagamento por BOLETO e garanta mais 5%.


Pichilemu

Sobre o nome do hotel: “Alaia” é a famosa prancha de madeira sem quilhas. Elas possuem seu bico arredondado e a tail quadrada e eram usadas no Hawaii antes mesmo do século 20. No Hawaii, eram geralmente feitas da madeira de uma árvore chamada Acacia koa.

Se você for visitar no inverno, leve roupas de frio ou até mesmo de neve. Essa região é muito fria e no inverno chove bastante. O resto do ano é seco, a água é fria o ano todo, sendo preferível para os turistas visitar esse lugar durante os meses de verão.

Vários campeonatos de surfe acontecem na cidade, mais especificamente em Punta de Lobos. Para quem é mais experiente e for surfar na região, se possível levar botinha e até mesmo gorro de neoprene, porque além do frio o melhor lugar para entrar é pelas pedras.

Pichilemu possui um importante valor histórico, com destaque para o “Edificio Casino” que está passando por restauração e abrigará um centro artístico e cultural.

Pichilemu

“Edifício Casino” – Pichilemu – Chile

COMO CHEGAR

Partindo de Santiago, pegar a Autopista del Sol, viagem com duração de aproximadamente quaro horas (208km) ou seguir pela Autopista del Sol e em seguida pegar a I-80-G, durando caminho um pouco maior (242km).

O QUE FAZER

A praia de Pichilemu, no canto esquerdo é boa para a prática do surf, mas o ideal é ir para Punta de Lobos, considerado o melhor pico de surf do país.

Tem ondas fortes, potentes, boas e longas. Além dos esportes, a boa é fazer um passeio a cavalo para conhecer a cidade, que é bem pequena e bonita.

O QUE LEVAR

Roupas de frio ou até mesmo de neve. Essa região, principalmente no inverno, é muito fria.

Além disso, levar roupa de borracha com espessura de no mínimo 4.2, para conseguir suportar a água gelada. No hotel tem a opção de aluguel.

Fotos: Eduardo Madeira. O Embarque na Viagem viajou ao Chile a convite do “Turismo Chile” em parceria com a “Foody Chile” e a “Ruta del Vino Valle de Colchagua”.

RESOLVA TUDO PARA A SUA VIAGEM AQUI


 

2 Comentários

  1. 1 de dezembro de 2018 ás 00:33 Responder
    Maria Leonardo da Silva

    Não conheço deve ser um paraíso e pretendo ir ver o campeonatos de Surf se tiver e com o futuro Namorado…Me digam sempre notícias de láPichelimu.

    • 1 de dezembro de 2018 ás 10:00
      Redação

      Se ficar hospedada no hotel Alaia ainda verá de perto os concorrentes. Lá é o QG desses caras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *